Vasco descarta volta de Maxi López, ainda sem clube

07/08/2019 às 08h15 - FUTEBOL

A busca do Vasco por um novo centroavante segue a todo vapor. Nas redes sociais, há uma corrente que pede a volta de um velho conhecido da torcida: Maxi López. Internamente, porém, a ideia sequer é discutida. A diretoria não vê chances de o atacante voltar a vestir a camisa do Cruz-Maltino.

Maxi López foi contratado pelo Vasco em 2018 e foi decisivo na permanência da equipe na Série A do Campeonato Brasileiro, com sete gols marcados em 19 jogos. Em 2019, o desempenho caiu e, ao todo, somou 34 partidas e 11 gols.

A trajetória de Maxi López no Vasco foi interrompida em maio deste ano. Insatisfeito por não ter sido relacionado para o jogo contra o Fortaleza, para aprimorar sua condição física, e incomodado com atrasos salariais, o centroavante foi à Justiça e pediu a rescisão do contrato que ia até dezembro. A CBF atendeu ao pedido do centroavante.

Desde então, Maxi López não acertou com nenhum outro clube. Está treinando no Rio de Janeiro, com um preparador físico particular, e tem sido pedido nas redes sociais por alguns torcedores do Vasco. O presidente Alexandre Campello, porém, não vê possibilidades de o centroavante voltar ao clube agora.

O dirigente ficou incomodado com a postura de Maxi López no processo de saída do Cruz-Maltino. O centroavante, inicialmente, pediu uma rescisão amigável, mas dias depois foi à Justiça para receber os dois meses de salários atrasados e deixar o clube de graça, o que Campello alega que não dificultaria.

Além disso, a comissão técnica do Vasco se incomodou com a reação de Maxi López a pedidos de recondicionamento físico. O técnico Vanderlei Luxemburgo e o preparador físico Antonio Mello haviam conversado com o centroavante e pedido para que ele perdesse 4kg antes da rescisão contratual, mas a ideia não foi bem aceita pelo jogador.

Maxi López é querido entre os jogadores do Vasco, mas o clube entende que a busca é por um jogador com outro perfil.

Fonte: GloboEsporte.com