Vasco destaca o brilho do retorno de Giovanni Augusto aos gramados

30/03/2018 às 16h02 - FUTEBOL

A expectativa em torno do início da trajetória de Giovanni Augusto com a camisa cruzmaltina sempre foi a mais alta possível. Para a infelicidade de todos vascaínos, porém, o meio-campo, contratado junto ao Corinthians para ser um dos pilares da equipe durante a temporada, se machucou na partida de estreia e precisou ficar pouco mais de um mês afastado dos gramados.

O clássico contra o Fluminense, disputado na noite da última quinta-feira (29/03), marcou a volta do armador paraense ao time cruzmaltino. O retorno não poderia ter sido melhor. Apesar da falta de ritmo, Giovanni Augusto atuou durante os 90 minutos e saiu de campo ovacionado pela torcida. Foi dele, inclusive, o primeiro gol do Gigante da Colina, marcado na etapa inicial.

Foto: Paulo Fernandes/Vasco.com.brGiovanni Augusto demonstra habilidade no Maracanã
Giovanni Augusto demonstra habilidade no Maracanã

- Em primeiro lugar, eu estou muito feliz por ter marcado o meu primeiro gol com essa camisa. Mais feliz ainda pela classificação, que era o mais importante e o nosso maior objetivo. Hoje conseguimos resgatar a identidade que o time tinha no ano passado  e o mais incrível de tudo foi ver a torcida do nosso lado. Quando isso acontece, fica difícil a gente perder o jogo. Parabéns aos jogadores e aos torcedores. Acho que nem preciso fazer convocação, pois tenho certeza que os vascaínos irão em peso no próximo jogo - declarou Giovanni Augusto.

Contando com o talento de Giovanni Augusto, o Vasco da Gama volta a atuar pelo Campeonato Carioca no próximo domingo (01/04). No Estádio Nilton Santos, às 16 horas, o Almirante encara o Botafogo no primeiro jogo da decisão. A segunda partida, que acontecerá no dia 08 de abril, será disputada no Maracanã, no mesmo horário. Em 2018, o Cruzmaltino e o Alvinegro se enfrentaram duas vezes, com uma vitória para cada lado.

Fonte: Site oficial do Vasco

Enquete

Qual a culpa dos problemas políticos do Vasco na campanha do clube no Brasileiro?

Deixe seu comentario