Vasco deve ser o último trabalho de Abel Braga como treinador

18/12/2019 às 13h04 - CLUBE

Nesta quarta-feira, Abel Braga foi apresentado como o novo técnico do Vasco da Gama.

Entre os principais assuntos falados na entrevista coletiva em São Januário, Abel garantiu que já sabe que não receberá o salário em dia em função das dificuldades financeiras do clube, além de revelar que este será seu último trabalho como treinador.

Segundo o novo comandante do Cruz-Maltino, a reunião com o presidente Alexandre Campello foi "franca", e o atraso nos salários foi explicado de antemão.

"Vou te pagar, mas não pense que vou te pagar em dia. Ele me disse o que pensa do Vasco. Encerrar a carreira aqui será uma coisa boa. Dar o seguimento ao trabalho do Luxa", reproduziu a fala de Campello.

O próprio futuro, assim como o do Vasco, também foi explicado.

"Vejo um Vasco pacífico no aspecto político. Sou neto de português e tenho amigos vascaínos. A torcida mostrou a cara e não é brincadeira o que fizeram. Estou ganhando menos, mas com prazer. Encerrar a carreira aqui será uma coisa boa."

Além disso, Abel foi questionado sobre seus dois últimos trabalhos. O treinador iniciou o ano no comando do Flamengo, que vive grande fase sob a batuta do português Jorge Jesus, depois, assumiu o Cruzeiro, em uma tentativa de "arrancada" para fugir do rebaixamento, o que não aconteceu.

"Não gostaria de falar do que ficou para traz. Posso falar que tenho 17 títulos. Fui campeão mundial e não é por ai. O trabalho no rival está sendo bem feito, mas está sendo terminando. Eu comecei. Fui o terceiro técnico no Cruzeiro, o que não faço", disse.

Ainda sobre a queda do clube mineiro, Abel "dividiu a culpa" com os demais treinadores e os dirigentes.

"Mano, Adilson, Ceni, Eu, diretoria... Todo mundo tem responsabilidade. Não da para ficar analisando o que ficou para trás. Estou muito feliz por estar aqui."
 

Fonte: ESPN