Vasco divulga nota contra a CBF

03/05/2006 às 18h26 - FUTEBOL

No último final de semana, o Vasco foi impedido, por uma decisão judicial, de jogar o clássico com o Fluminense em São Januário. A medida revoltou o presidente do clube, Eurico Miranda, que acusou a CBF de estar agindo nos bastidores para prejudicar a equipe.
Nesta quarta-feira, outros membros da diretoria emitiram uma nota oficial na qual também criticam a CBF, além de manifestar apoio ao presidente cruzmaltino.

Abaixo, a nota oficial na íntegra:

\"Recentemente, inusitados acontecimentos, promovidos por direta influência da CBF, culminaram com subtrair ao VASCO DA GAMA um mando de campo que legitimamente lhe pertencia, na forma da lei e de decisão do Egrégio SUPERIOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA DESPORTIVA.

À vista desses acontecimentos, lamentáveis sob todos os aspectos, os Poderes do CLUB DE REGATAS VASCO DA GAMA, aqui representados por seus Presidentes, vêm a público para hipotecar sua absoluta e total solidariedade e seu irrestrito apoio ao Presidente EURICO MIRANDA, nas atitudes que adotou e, certamente, deverá continuar adotando, sempre em defesa dos supremos interesses do VASCO DA GAMA.

Rio de Janeiro, 3 de maio de 2006

JOSÉ PINTO CABRAL
Presidente da Assembléia Geral
CARLOS ALBERTO MARTINS CAVALHEIRO
Presidente do Conselho de Beneméritos
JOÃO CARLOS GOMES FERREIRA
Presidente do Conselho Deliberativo
GERALDO TEIXEIRA DA SILVA
Presidente do Conselho Fiscal\"

Fonte: Gazeta Esportiva.net