Vasco é multado em R$ 100 mil após confusão em São Januário

06/05/2019 às 15h24 - CLUBE

Rio - O Vasco foi multado em R$ 100 mil após confusões nas arquibancadas de São Januário durante a após a partida de volta contra o Santos, pela Copa do Brasil. Além disso, o valor foi aplicado por arremesso de objetos em três momentos distintos do jogo. Leandro Castan e Maxi López, que acabaram expulsos por reclamação depois do fim do jogo, foram absolvidos pela Primeira Comissão Disciplinar do STJD.

A decisão ainda cabe recurso. O treinador do Santos, Jorge Sampaoli, também foi absolvido no julgamento. Ele foi expulso durante o confronto por se exaltar e sair da área técnica. Presente no julgamento, Castan foi denunciado por ofender a arbitragem e se defendeu.

"Como capitão da minha equipe sempre quando acaba (o jogo) vou conversar com o árbitro e naquele jogo não foi diferente. Deixar bem claro que não é da minha índole falar o que foi narrado. Tenho 32 anos de vida e nunca tive um problema como esse na minha carreira. Fui falar que, na minha opinião, não estava impedido e que o bandeira havia errado. Não xinguei ele. Não teve nenhum problema com policial também. Nem sabia que seria julgado. Ele não deu cartão vermelho no ato. Não faz parte do meu vocabulário essas palavras", falou o jogador.

O Vasco venceu a partida por 2 a 1, mas acabou eliminado da Copa do Brasil. Ao final da partida, uma confusão rápida foi registrada na arquibancada e torcedores, muito irritados com o jogo e a arbitragem, arremessaram objetos no gramado.

Fonte: O Dia