Vasco empata com o Volta Redonda no Raulino de Oliveira: 0 a 0

08/03/2020 às 17h59 - FUTEBOL

O Vasco empatou em 0 a 0 com o Volta Redonda, neste domingo (8/3), no Estádio Raulino de Oliveira, pela segunda rodada da Taça Rio. O próximo compromisso do Gigante da Colina será na quinta-feira (12/3), diante do Goiás, às 21h30, em São Januário, pela partida de ida da terceira fase da Copa do Brasil.

 

O JOGO

A primeira oportunidade do Vasco veio aos 8 minutos. Marrony foi lançado na esquerda e tentou o cruzamento fechado buscando Cano, mas a zaga afastou. Aos 12, Andrey deixou Marrony na boa. O camisa 7 invadiu a área e acabou desarmado. Na sobra, Marcos Júnior tocou para Cano, que ainda finalizou, mas estava impedido.  Aos 23, Vinícius deu lindo passe para Pikachu, que arriscou o chute cruzado e mandou por cima.

O Cruzmaltino seguiu buscando o gol e aos 33, Vinícius fez boa tabela com Pikachu e mandou na área, mas a zaga cortou antes de Marcos Júnior conseguir o cabeceio. Aos 41, o Vasco chegou em contra-ataque e Raul deixou Pikachu em boa condição para finalizar. O lateral bateu forte e obrigou o goleiro a fazer ótima defesa.

O Gigante voltou para o segundo tempo e encontrou a primeira chance aos 12 minutos, em um chutaço de Andrey de fora da área. Três minutos depois, Marrony recebeu na cara do gol e tentou dribla o goleiro, que conseguiu o corte. Vinícius ainda tentou na sobra, mas o zagueiro salvou em cima da linha. Aos 34, o gol quase saiu. O Vasco pressionou na base do abafa, a bola sobrou para Tiago Reis, que demorou a finalizar.

Aos 39, Ribamar recebeu pela esquerda, encarou a marcação, invadiu a área e tentou o chute, mas mandou por cima do gol. Aos 44, Juninho fez jogada individual e tentou o chute, mas pegou muito embaixo da bola. Dois minutos depois, Marrony recebeu de Juninho na entrada da área e tentou o chute colocado, mas mandou por cima do gol. Pouco depois, Cano recebeu na entrada da área, girou e bateu na gaveta, mas o goleiro fez linda defesa mandando para escanteio. 

Fonte: Site Oficial do Vasco