Vasco encaminha acerto para novo CT e revitalização do entorno de SJ

13/06/2018 às 07h54 - CLUBE

O presidente do Vasco, Alexandre Campello, se reuniu na última segunda-feira (11) com o prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, para tratar de dois assuntos importantes ao clube: a possibilidade da cessão de um terreno para a construção de um centro de treinamento e o projeto de revitalização do entorno de São Januário. Conversando com as partes, o UOL Esporte teve acesso a algumas condições e exigências impostas para que os temas saiam do papel.

O terreno em questão fica em Vargem Grande, na Zona Oeste do Rio, e é o mesmo que a Prefeitura já havia cedido ao clube na gestão Eduardo Paes, em 2013, por 50 anos (renováveis por mais 50), com a condição de que o CT ficasse pronto para a Rio 2016.

O projeto foi se arrastando sem dar início até que no ano da Olimpíada, após análise do local pela diretoria vascaína presidida por Eurico Miranda, concluiu-se que a região era pantanosa e que seria necessária uma obra de aterramento no valor de cerca de R$ 10 milhões. Sem verba para tal, o clube desistiu do terreno e a Prefeitura cancelou a cessão. 

Agora, com a gestão Alexandre Campello, o Cruzmaltino quer novamente o local, mas solicitou que a Prefeitura financie o aterramento.

Marcelo Crivella está aberto a um entendimento e as conversas estão avançadas, mas o prefeito ainda não sinalizou de forma positiva para o item em especial pedido pelos vascaínos.

Caso a prefeitura aceite ceder o terreno e financiar o aterramento, o Vasco terá que arcar com os custos do restante da construção do centro de treinamento e deverá apelar para parcerias.

Projeto de revitalização foi encaminhado por torcedores

Em relação às obras no entorno da sede principal do clube, em São Cristóvão (RJ), o projeto elaborado foi encaminhado por torcedores que fazem parte do "Movimento Voluntário pela Revitalização do entorno de São Januário". Ele chegou às mãos do presidente Alexandre Campello, que o apresentou a Marcelo Crivella. No encontro, José Fernando Santiago, um dos representantes do movimento, esteve presente.

Ele tem como base o antigo projeto criado para que São Januário fosse a sede do rúgbi na Rio 2016, em acordo pré-firmado em carta de intenções com o Comitê Olímpico Brasileiro (COB) em 2010. O clube e seu entorno receberiam um investimento na casa dos R$ 100 milhões para melhorias de acesso e de instalações.

Por não ter cumprido os pré-requisitos, o Vasco perdeu tal direito dois anos depois, ainda na gestão Roberto Dinamite.  

Em 2014, o entorno do estádio teve uma nova possibilidade de se modernizar, quando o então prefeito Eduardo Paes incluiu a região no projeto "Morar Carioca". O local receberia um investimento na ordem de R$ 31 milhões para obras de acessibilidade, habitação, regularização fundiária, saneamento, iluminação, lazer, entre outros, mas a questão novamente não teve andamento.

Após a reunião da última segunda-feira, a prefeitura de Marcelo Crivella já tem em mãos o projeto que, entre outras questões, sugere uma ligação direta entre a Avenida Brasil – uma das principais rodovias da cidade – com a rua General Almério de Moura, a do acesso principal a São Januário.

Também estão previstas a construção da "estação São Januário" do BRT (corredor expresso de ônibus) na Avenida Brasil, além da criação de praças de conveniência e lazer para torcedores e moradores da região.

Treinos em CT alugado que pertence ao pai de Evander

Enquanto o Vasco não define a aquisição de um centro de treinamento próprio, o clube tem realizado desde o início da temporada suas atividades no CT das Vargens, que pertence ao empresário Evandro Ferreira, pai do meia Evander e agente do atacante Vagner Love. Um contrato de aluguel de três anos foi firmado entre as partes.

A diretoria de Alexandre Campello tem feito estudos e se reuniu com a comissão técnica de Jorginho para realizar melhorias no local.

Foi lá, por exemplo, que o Cruzmaltino se preparou para o confronto desta quarta-feira, às 21h45, contra o Internacional, no Beira-Rio, em Porto Alegre (RS).

Jorginho não poderá contar com Breno, Paulão, Werley e Ricardo para a zaga e deve optar pela dupla Erazo e Luiz Gustavo. Quem corre por fora e pode fazer sua estreia entre os profissionais é o jovem Miranda, de 18 anos, recém-promovido da equipe sub-20.

INTERNACIONAL X VASCO
Local: Beira-Rio, Porto Alegre (RS)
?Hora: 21h45 (horário de Brasília)
Árbitro: Raphael  Claus (SP)
Auxiliares: Danilo Ricardo Simon Manis (SP) e Rogerio Pablos Zanardo (SP)

Internacional
Marcelo Lomba; Fabiano, Rodrigo Moledo, Victor Cuesta e Iago; Rodrigo Dourado, Camilo (Gabriel Dias), Patrick, William Pottker e Lucca; Leandro Damião
Técnico: Odair Hellmann

Vasco
Fernando Miguel, Rafael Galhardo, Luiz Gustavo, Erazo e Henrique; Desábato, Andrey e Bruno Cosendey; Yago Pikachu e Giovanni Augusto; Andrés Rios
Técnico: Jorginho 

Fonte: UOL Esporte

Enquete

Quem você gostaria que fosse o novo técnico do Vasco?

Deixe seu comentario