Vasco encara o Volta Redonda com garoto Vinicius em alta com o técnico Abel

08/03/2020 às 08h25 - FUTEBOL

O mapa de calor da partida entre Vasco e ABC, quinta-feira, disponibilizado pelo site “Footstats”, escancara o esquema de jogo do time na partida pela Copa do Brasil. A mancha bem concentrada no lado direito do ataque é reflexo da quantidade de vezes que a equipe acionou Vinícius para que ele, de lá, desse um jeito e encontrasse uma solução para o argentino Cano finalizar. Abel Braga gostou e neste domingo, às 16h, contra o Volta Redonda, no Raulino de Oliveira, a estratégia tem tudo para ser repetida.

Do trio de ataque, ele foi quem mais recebeu passes - 33 -, contra 30 de Marrony e 27 de Germán Cano, com um detalhe: teve menos 11 minutos em campo que os companheiros de setor ofensivo. Em um desses passes que recebeu, clareou a jogada vascaína ao tocar para Raul, que esticou para Marrony, que cruzou para o argentino fazer o gol da vitória sobre os natalenses.

Foto: Footstats/ReproduçãoMapa de calor

De 16 assistências para finalização do Vasco na partida, nada menos que sete foram de Vinícius. Se Guarín e Marrony jogaram para fora as ótimas oportunidades criadas pelo garoto de 19 anos, não é culpa dele.

Abel Braga, que relutou a colocar o garoto para jogar e chegou a testar o centroavante Lucas Ribamar aberto contra o Resende, parece agora ter sido conquistado pelo jogador. Depois do jogo contra o ABC, foi só elogios.

— Quando Vinícius entrou no jogo passado para esse, já foi completamente diferente. Mais maduro, consciente, mais coletivo e sem perder o duelo um contra um, em que ele é muito bom — afirmou.

Com a ausência de Talles Magno, lesionado e fora da equipe por três meses, e enquanto Martín Benítez não fica em condições físicas de estrear, Vinícius deverá seguir na equipe. Depende dele e de Abel até quando.

Fonte: Extra Online