Vasco esbarra em concorrência gringa por técnico e vê dificuldade em Dunga

02/05/2019 às 08h37 - FUTEBOL

A lanterna no Campeonato Brasileiro após derrotas nas duas primeiras rodadas da competição aumentou ainda mais a busca do Vasco por um novo treinador. Porém o clube, que demitiu Alberto Valentim mês passado, tem enfrentado empecilhos com os nomes que cogita. No caso do português Jorge Jesus, do uruguaio Diego Aguirre e do brasileiro Dorival Júnior, há, principalmente, a concorrência do exterior. Já Dunga, outro que ganhou força em São Januário, possui vencimentos muito acima do padrão cruzmaltino além de questões pessoais que tornam o negócio longe de ser simples.

A informação inicial do interesse em Dunga foi dada pelo Globoesporte.com e confirmada pelo UOL Esporte. Ocorre que os salários do ex-treinador da Seleção Brasileira são altos e, mesmo sem trabalhar à beira do campo desde 2016, se sente confortável, fruto de sua vida estabilizada fora dos gramados no ramo dos negócios. Ele ainda não foi procurado pelo Vasco.

Seguindo a linha de tentar contratar um técnico experiente, o clube sondou Jorge Jesus, ex-Benfica e Sporting, mas, apesar de ter mantido conversas telefônicas com a diretoria vascaína, o português acredita que poderá assumir algum clube de expressão na Europa na abertura do mercado e praticamente encerrou o negócio.

Dorival Júnior foi outro nome do mercado brasileiro sondado, mas ele tem uma espécie de pré-contrato assinado com um time de fora - que ainda não revelado - e só irá abrir negociações caso a transferência não se concretize. Por conta disso, não foi mais contatado.

De metodologia moderna, o uruguaio Diego Aguirre também foi procurado, se sentiu lisonjeado, mas o comandante prefere, por agora, dar um tempo do futebol brasileiro após passagens por Internacional, Atlético-MG e São Paulonos últimos quatro anos. Existe a possibilidade de que ele assuma uma equipe do Qatar, onde fez sucesso conquistando títulos pelo Al-Rayyan entre 2012 e 2013

Fonte: UOL