Vasco espera pagar salários do elenco na próxima semana

21/06/2019 às 15h52 - CLUBE

A diretoria do Vasco não cumpriu promessa que tinha feito de pagar os salários atrasados para o elenco comandado pelo técnico Vanderlei Luxemburgo. Em contrapartida, conseguiu nesta sexta-feira acertar as últimas pendências para conseguir o empréstimo de R$ 10 milhões e espera diminuir a dívida com os jogadores no início da semana que vem.

A promessa foi feita na última semana, antes do jogo contra o Ceará, em São Januário, e era de pagar os salários na sexta-feira, um dia após a partida da nona rodada do Campeonato Brasileiro, dia 14 de junho. Os valores, porém, não caíram - até porque o empréstimo de R$ 10 milhões atrasou.

Agora, sem novas promessas, os dirigentes esperam pagar um mês de CLT e um de direitos de imagem aos jogadores no início da próxima semana. O Vasco já conseguiu as garantias para ter os R$ 10 milhões emprestados, mas o valor não será creditado nesta sexta-feira, a tempo de ser repassado aos atletas.

Foto: Bruno Giufrida/ReproduçãoAndré Mazzuco e Alexandre Campello
André Mazzuco e Alexandre Campello

A promessa não cumprida gerou insatisfação entre os jogadores, que têm boa relação com o presidente Alexandre Campello e ainda estão em início de relação com o diretor de futebol, André Mazzuco. Ao mesmo tempo, porém, o elenco, sob comando de Vanderlei Luxemburgo, tem tentado não levar o assunto "para campo", para que não atrapalhe o desempenho.

Além dos R$ 10 milhões, o Vasco ainda espera conseguir um novo empréstimo, de R$ 20 milhões, para conseguir ter um alívio financeiro até o fim de 2019. Uma reunião no Conselho Deliberativo será realizada nas próximas semanas para que o novo aporte seja votado - recentemente, um encontro para discutir o mesmo assunto não teve quórum.

 

Fonte: GloboEsporte.com