Vasco estaria buscando parceiro para contratar o meia Gerson

07/06/2019 às 12h51 - FUTEBOL

Buscando se reforçar para a sequência do Campeonato Brasileiro, o Vasco está atento ao mercado do futebol. Desta vez, o clube fez uma consulta por um possível empréstimo do meia Gerson, que atualmente defende a Fiorentina. O clube entrou em contato com pessoas ligadas ao atleta para saber como está a situação do jogador após o encerramento da temporada europeia.

A resposta, no entanto, não foi animadora como esperava o presidente Alexandre Campello. Por isso, o dirigente busca um parceiro que possa viabilizar a transação. O mandatário vascaíno, inclusive, sabe que a negociação para tirar o jogador do futebol italiano não é considerada fácil. A Roma, que detém os direitos federativos do atleta, não tem interesse em liberá-lo para um clube do Brasil.

O Vasco descobriu que a situação financeira segue com entrave. Gerson recebe hoje salário mensal de cerca de 80 mil euros (R$ 350 mil) na Fiorentina, valor considerado fora da realidade para o time de São Januário arcar sozinho. O primeiro da lista a ser consultado é o de Carlos Leite, empresário de vários jogadores do clube, antigo parceiro do Vasco.

Contratado por 16 milhões de euros (R$ 60 milhões) pela Roma, Gerson pouco atuou com a camisa do clube da capita italiana. Hoje aos 22 anos, Gerson tem o nome lembrado com frequência por clubes brasileiros desde que deixou o Fluminense em 2016, ano em que deixou a equipe tricolor para atuar no exterior. A atual gestão entende que o ex-jogador tricolor é o nome ideal para ser o camisa 10 do Vasco no restante da temporada.

Embora não tenha recebido nenhuma proposta oficial, Gerson tem chances reais de deixar a Roma. O Esporte 24 Horas apurou que o Benfica, de Portugal e a Lazio, da Itália, são os clubes interessados no atleta. Os dirigentes dos dois clubes, inclusive, já iniciaram conversas para tentar a sua contratação.

A carreira

Gerson foi revelado pelo Fluminense onde jogou de 2010 a 2016. Neste ínterim, o meia foi constantemente convocado para as seleções de base do Brasil. Até porque, ele teve boa passagem pelo clube tendo conquistado a Copa da Primeira Liga, em 2016 e o Campeonato Carioca Sub-15, em 2012.

Negociado com a Roma, o meia disputou 42 jogos e fez dois gols nas duas primeiras temporadas no futebol italiano. Porém, após perder espaço em seu clube, o jogador atuou este ano na Fiorentina onde marcou três gols em 40 partidas.

No momento para a meia de ligação, o técnico Vanderlei Luxemburgo conta apenas com Bruno César, que vem sendo contestado pela torcida pelo excesso de peso e também por não viver um bom momento técnico com a camisa cruzmaltina.

Fonte: Esporte24Horas