"Vasco fez todo o esforço pra que ele continuasse", diz Fred Lopes

25/02/2018 às 22h15 - FUTEBOL

A proposta do mundo árabe por Zé Ricardo pegou o Vasco de surpresa. Os altos valores fizeram a concorrência ser desleal por uma permanência. Mas o clube, junto do treinador, planeja um projeto a médio-longo prazo para a parceria. A conversa neste domingo selou a permanência, mas o novo contrato só será proposto nesta segunda-feira.

- Vasco fez todo o esforço pra que ele continuasse. Não só visando a Libertadores, mas também Carioca, Copa do Brasil, Brasileirão. Ele também é fundamental pra base do clube. É um profissional sério, hoje uma unanimidade aqui dentro, pela confiança que vem adquirindo e por tudo que passou - afirma Fred Lopes, vice-presidente de futebol do Vasco.

Um dos motivos para o esforço cruz-maltino é a gratidão pelo que Zé fez no ano passado. Não só pela classificação à Libertadores pelo Brasileirão, mas por aguentar as polêmicas mudanças internas na diretoria. O Vasco entende que, caso mudasse de comandante, o projeto Libertadores seria prejudicado.

- Seria quase fatal, muito difícil conseguir os mesmos índices sem ele. Teve uma participação direta na montagem do elenco. Temos confiança e carinho por ele, que é fundamental para nosso projeto - explica o dirigente.

O 'Projeto Zé Ricardo' é mais do que aumento salarial. Será colocado na mesa, com valores e tempo de contrato, na manhã desta segunda-feira. A diretoria trata com naturalidade a pulga atrás da orelha do treinador após a proposta, financeiramente muito maior do que o Vasco pode pagar. Fred Lopes agradece a transparência do técnico na conversa informal e diz que só falta assinar a renovação.

- Zé é um cara de palavra e vamos ajustar até 2019, com aumento salarial. Não dava para disputar financeiramente. Será um conjunto. Ele não visa só dinheiro, provou isso. Tem carinho, respeito e os atletas o adoram. É um líder no elenco e reconheceu o que fizemos por ele. Nós também precisamos reconhecer. 

Fonte: Terra Esportes

Enquete

Você é favorável ao retorno de Antônio Lopes no cargo de dirigente?

Deixe seu comentario