Especulações e Saídas clique aqui

Vasco deve perder peças importantes como Rossi e Guarín em 2020

25/11/2019 às 14h53 - FUTEBOL

Dentro de campo, o Vasco ainda briga para acabar com o risco de rebaixamento e sonha com um lugar na Libertadores nesta reta final de Campeonato Brasileiro. Fora dele, a diretoria já começa a planejar a próxima temporada.

Além de negociar as permanências do técnico Vanderlei Luxemburgo e do diretor executivo André Mazucco, os dirigentes cruzmaltinos já sabem quais as prioridades para o elenco visando 2020. A primeira posição que o Vasco irá buscar reforços é no ataque.

Com apenas Ribamar e Tiago Reis para a posição, um centroavante virou a prioridade para o próximo ano. Maxi López deixou o clube no meio da temporada e deixou uma lacuna dentro do elenco.

Para atuar pelos lados, Luxemburgo dificilmente terá Rossi em 2020. No entanto, Marrony e Talles Magno surgem como as principais opções para formar o setor na equipe titular.

Outro que não deve permanecer é o volante Freddy Guarín. O colombiano é cobiçado por clubes de seu país, como Junior e Millonários.

Outras posições também estão sendo mapeadas. O nome de goleiro Vanderlei já foi ventilado em São Januário como uma opção para Fernando Miguel, que pode receber propostas no fim do ano.

Enquanto define as estratégias para o fim da temporada, o Vasco segue trabalhando visando o confronto contra o São Paulo, no Morumbi, nesta quinta-feira. Com 44 pontos, os cruzmaltinos estão nove a frente da degola e apenas seis da zona de classificação para a Libertadores.

Fonte: Gazeta Esportiva