Vasco jamais perdeu em solo equatoriano

25/07/2018 às 08h23 - FUTEBOL

O Gigante da Colina inicia a caminhada rumo ao quarto título continental nesta quarta-feira (25/07), às 19h30 (de Brasília). No Estádio Rodrigo Paz Delgado, em Quito, no Equador, o Vasco mede forças com a LDU pelo jogo de ida da segunda fase da Conmebol Sul-Americana. A partida marcará o encontro de equipes de tradição na América do Sul. Se o Cruzmaltino conquistou o Sul-Americano de 48, a Libertadores de 98 e a Mercosul de 2000, a Liga chegou ao topo da América nos anos de 2008 e 2009, com os títulos da Libertadores e da Sul-Americana.

Vindo de um excelente resultado diante do Grêmio no Brasileirão, o Almirante não terá força máxima em solo equatoriano. Em virtude do desgaste provocado pela sequência de jogos, a comissão técnica resolveu preservar peças importantes do time, casos de Breno, Leandro Desábato e Yago Pikachu. O treinador Jorginho não confirmou a equipe titular, mas revelou a presença do colombiano Oswaldo Henríquez entre os 11 iniciais. O zagueiro fez sua estreia no último fim de semana em São Januário.

- Traçamos um planejamento para esses três primeiros jogos. Eram partidas fundamentais para nós. Vencemos o Bahia e conseguimos fazer quatro pontos no Brasileiro. Poderíamos ter feito seis, mas o Fluminense conseguiu empatar no finalzinho. Esperavámos trocar um ou outro jogador nesses jogos, mas não foi possível. Tivemos a necessidade de manter o Breno e o Pikachu, por exemplo. Eles chegaram num momento que estão completamente esgotados. Se a gente não tira eles agora, provavelmente eles teriam algum tipo de problema. Não podemos de forma nenhuma perder esses atletas - explicou o comandante antes de exaltar as qualidades de um dos substitutos.

- O Henríquez é um jogador experiente, que dita o ritmo e orienta bastante. Isso vai ser muito importante nesse jogo d LDU. Ele entrou bem na partida contra o Grêmio e contamos com ele. É bem provável que ele possa sentir a falta de ritmo no final da partida, porém estamos atentos. Não temos um zagueiro de origem no banco, mas algums jogadores possuem facilidade para atuar ali, caso, por exemplo, do próprio Bruno Silva. Eu posso trazer o Luiz Gustavo para dentro e colocar o Andrey na lateral, posição que ele já jogou. Temos possibilidades - acrescentou Jorginho.

Em Quito desde a noite de segunda-feira (23), o Vasco realizou apenas um treinamento em solo equatoriano. A atividade teve como objetivo adaptar os atletas e minimizar os efeitos da altitude. A movimentação, como esperado, foi utilizada também para aprimoramento da estratégia traçada para o confronto com a LDU, que lidera o campeonato local e sonha em retornar ao topo do continente. Os donos da casa, entretanto, não vencem desde a saída do artilheiro Hernan Barcos, negociado com o Cruzeiro no atual mês.

- O que fizemos basicamente foi organizar a equipe em algumas situações defensivas e ofensivas, em cima da análise que fizemos da equipe da LDU. Na verdade, não se pode fazer muita coisa, pois o cansaço bate sempre 48 horas após o jogo. O Barcos era um jogador muito importante para a LDU, mas eles possuem outros bons nomes e precisamos ter todo cuidado. É uma equipe extremamente veloz, principalmente atuando em casa. É um momento especial para mim. Já bati na trave duas vezes na Sul-Americana, uma com o Goiás e outra com a Ponte Preta. Estou muito motivado para esse início, mas sei o quanto será difícil por se tratar de uma partida fora de casa e na altitude. A minha motivação é enorme e me sinto honrado com a chance de comandar o Vasco nessa competição - declarou o técnico.

A equipe de São Januário jamais enfrentou a LDU em sua história, porém possui um retrospecto extremamente positivo atuando no Equador, como mostrou a reportagem produzida pelo Site Oficial na última terça (24). O Gigante da Colina, por exemplo, jamais perdeu jogando em solo equatoriano: três partidas, duas vitórias e um empate. O jogo de logo mais terá transmissão para todo o país pelo canal por assinatura SporTV. O Vasco conta com sua torcida na luta pelo quarto caneco sul-americano!

Lista de relacionados do Vasco para a partida contra a LDU (EQU):

Goleiros: Fernando Miguel, Gabriel Félix e Martín Silva

Laterais: Henrique, Luan e Luiz Gustavo

Zagueiros: Ricardo Graça e Oswaldo Henríquez

Volantes: Andrey, Bruno Cosendey, Bruno Silva e Raul

Meias: Evander, Giovanni Augusto, Lucas Santos, Thiago Galhardo e Wagner

Atacantes: Andrés Ríos, Caio Monteiro, Kelvin, Marrony e Paulo Vitor

Foto: Vasco Jorginho
Jorginho

Fonte: Site oficial do Vasco

Mercado

Não Confirmado

Você aprova a saída de Martín Silva?

Especulações Mercado