Vasco jogará em estádio de Copa em que o futebol está com os dias contados

28/07/2018 às 20h09 - FUTEBOL

Vasco e Corinthians se enfrentam neste dominggo, às 11h, em um dos estádios construídos para a Copa do Mundo de 2014 que a cada dia parece mais ter se tornado um “elefante branco” para o Governo. O Mané Garrincha foi o estádio mais caro construído para o Mundial do Brasil e se tornou um motivo de preocupação para quem o gerencia.

O governo do Distrito Federal, dono e responsável pela construção da arena, não deseja mais ficar com o estádio que custou R$ 1,57 bilhão. O processo de entrega do estádio à iniciativa privada começou em março de 2016. O TCDF (Tribunal de Contas do Distrito Federal) determinou no início de março a suspensão do processo licitatório devido à identificação de supostas irregularidades. Os questionamentos feitos pelo TCDF foram respondidos pela Terracap, companhia imobiliária pública do governo do Distrito Federal responsável pelo estádio e o caso pode ter um desfecho em breve.

O único que se mostrou interessado no estádio foi o consórcio Arena BSB, formado pelas empresas RNGD e Amsterdam Arena, que já avisou que nos próximos 35 anos (período da concessão pública do Mané Garrincha) a prioridade será a realização de shows. O futebol será algo secundário.

Em relação ao futebol, o Mané Garrincha lotou, de fato, durante a Copa do Mundo, Copa das Confederações e Jogos Olímpicos. O melhor público envolvendo times brasileiros foi a partida entre Santos e Flamengo, pelo Brasileiro de 2013, quando 63.501 torcedores estiveram presentes.

Geralmente, equipes cariocas utilizam o estádio quando não podem usar suas casas ou quando acreditam que determinados jogos podem dar maior renda, tirando-os do Rio. A partida será realizada em Brasília porque foi comprada pelo ex-jogador Roni, que agora é empresário. Segundo organizadores da partida, foram vendidos 20 mil ingressos para o confronto até sexta-feira e a expectativa é que 30 mil torcedores compareçam ao jogo.

Segurança especial

Vasco e Corinthians já se enfrentaram no Mané Garrincha, e as lembranças não são positivas. Membros das torcidas organizadas das duas equipes protagonizaram uma briga generalizada no anel superior do estádio, durante o empate por 1 a 1, pelo Brasileirão de 2013.

Por isso, a Secretaria de Segurança Pública do Distrito Federal e os organizadores da partida prepararam um esquema de segurança especial para evitar que as cenas lamentáveis se repitam. As torcidas serão escoltadas por policiais durante todo o tempo em que estiverem se deslocando pela cidade e só sairão após todo o público “comum” deixar o local.

Os membros das organizadas também ficarão em um setor exclusivo, sem contato com outros torcedores. No restante do estádio, a torcida será mista. Foram ainda contratados 420 seguranças privados para trabalhar apenas durante o jogo.

Formações

Em relação aos times, o Corinthians terá novidades para enfrentar o Vasco. A principal alteração se dá no ataque, onde o técnico Osmar Loss perdeu Jonathas e Roger por lesão e irá apostar em Romero na posição e no retorno de Pedrinho entre os titulares.

Contra o Cruzeiro, Pedrinho entrou no lugar de Jonathas, que se machucou durante o jogo, o paraguaio foi avançado e marcou os dois gols da vitória por 2 a 0 sobre os mineiros. Neste domingo, a formação estreia como titular.

Para Romero, a partida é uma boa oportunidade do  Corinthians voltar a vencer fora de casa. "Importante retomar essa vitória fora de casa. O Vasco tem um time forte, por isso teremos que ficar concentrados 90 minutos e será um jogo bem difícil. O horário do jogo também é complicado, a gente se alimenta diferente e tudo mais, mas faz parte", comentou.

Na zaga, Pedro Henrique está recuperado de uma tendinite e deve voltar a forma dupla ao lado de Henrique. Os desfalques, além de Jonathas e Roger, são o lateral-direito Mantuan e os volante Renê Júnior e Ralf.

FICHA TÉCNICA

Vasco: Martín Silva; Luiz Gustavo, Breno, Oswaldo Henríquez e Ramon; Desábato, Andrey e Wagner; Yago Pikachu, Kelvin e Andrés Rios.

Técnico: Jorginho.

Corinthians: Cássio; Fagner, Pedro Henrique, Henrique e Danilo Avelar; Gabriel, Douglas, Jadson, Clayson e Pedrinho; Romero

Técnico: Osmar Loss

Juiz: Dewson Fernando Freitas da Silva (PA).

Local: Mané Garrincha, em Brasília.

Horário: 11h.

Foto: Amanda KestelmanMané Garrincha
Mané Garrincha

Fonte: Estadão

Enquete

Quem você gostaria que fosse o novo técnico do Vasco?

Deixe seu comentario