Vasco mira duas contratações para fechar o elenco

11/08/2020 às 08h26 - FUTEBOL

Com os exames médicos finalizados, o lateral-esquerdo Neto Borges vai assinar nesta terça-feira o contrato de empréstimo com o Vasco, com duração até o fim de julho do ano que vem. A expectativa é de que o jogador seja registrado no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF até amanhã, podendo realizar ainda hoje o primeiro treino com os novos companheiros.

Emprestado pelo Genk, da Bélgica, clube com o qual tem vínculo até 30 de junho de 2022, Neto Borges é o quinto reforço do Vasco para o restante da temporada, suprindo a segunda maior carência do elenco, a lateral-esquerda. A prioridade da comissão técnica era a contratação de um atacante que jogasse pelos lados do campo, no caso, Guilherme Parede, emprestado pelo Talleres, da Argentina, até o fim do ano.

Ambos chegaram para brigar por uma vaga no time titular, assim como o meio-campista Carlinhos, que assinou com o Vasco até dezembro de 2022. O jogador pertencia ao Standard Liège, da Bélgica, mas estava emprestado ao Vitória de Setúbal, de Portugal, na última temporada europeia. Já o zagueiro Marcelo Alves e o atacante Ygor Catatau, cedidos pelo Madureira até o fim do ano, disputam apenas um lugar no banco de reservas.

Apesar do pacotão de reforços, o Vasco ainda não fechou o ciclo de contratações. O clube busca ainda um zagueiro que atue pelo lado direito e principalmente um meio-campista, setor que se enfraqueceu após a saída de Guarín e o afastamento de Raul. Sem o colombiano, o Cruz-Maltino tem espaço na folha salarial para investir em um nome de peso. A ideia da diretoria é contratar um jogador que “pare o aeroporto”.

Para a defesa, Lucas Alves, do Luzern, da Suíça, foi oferecido, mas o nome não empolgou a comissão técnica. Paulo Miranda, do Grêmio, e Emerson Santos, do Palmeiras, foram apenas sondados pela diretoria, sem ter qualquer tipo de negociação.

Fonte: Esporte News Mundo