Futebol

Vasco mostrou problemas na criação de jogadas nas últimas partidas

Ponte Preta e Vasco irão se enfrentar neste domingo (6/6), às 16h (horário de Brasília), no Moisés Lucarelli, pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro da Série B, tentando acertar o meio-campo para conseguir a primeira vitória na competição.

As duas equipes começaram a disputa da Série B com o ‘pé esquerdo’, ambas perderam na estreia da competição. Esse não é o único ponto em comum entre Ponte Preta e Vasco. Além das derrotas na estreia, os dois times tem problemas no meio-campo.

A dupla de volantes vascaína no primeiro jogo, contra o Operário em São Januário, foi composta por Andrey e Galarza. Ambos não foram bem na partida. Andrey, inclusive falhou no lance que gerou o segundo gol do adversário no jogo. Essa mesma dupla foi titular na final da Taça Rio, contra o Botafogo, vencida pelo Vasco nos pênaltis, porém o Cruzmaltino não fez uma boa apresentação e perdeu no tempo normal por 1 a 0.

O treinador Marcelo Cabo, promoveu mudança no setor para o jogo contra o Boavista, pela Copa do Brasil na última terça-feira (1/6), o volante Rômulo entrou na vaga de Galarza. Com menos de dez minutos do primeiro tempo, Rômulo errou duas saídas de bola que ocasionaram boas chances para o Boavista abrir o placar.

Após a partida contra o Operário, o comandante Marcelo Cabo revelou, em entrevista coletiva após a partida, sua ‘dor de cabeça’ com o meio de campo vascaíno, confira:

– Hoje nossa grande dor de cabeça é o meio-campo, que não vem criando. Realmente, até o jogo com o Botafogo tínhamos como ponto forte o nosso meio-campo, que estava bem encaixado e criava boa oportunidades. Nos últimos três jogos, o nosso meio, que eu reputo como cérebro e coração da equipe, não funcionou. Agora precisamos de calma para reverter esse momento em que oscilamos. Claro que com a saída do Marquinhos a gente perde o homem de ligação, trouxemos o Sarrafiore, que precisa de continuidade e ritmo de jogo. Rômulo vem num processo de evolução, vamos ver o que ele suporta na próxima partida. Juninho tem entrado bem. Vamos ter tranquilidade, analisar os fatos para que a gente possa tomar as decisões necessárias. A gente confia muito nesse grupo.

Para esse jogo contra a Ponte Preta, o treinador terá a volta de Marquinhos Gabriel, já recuperado de lesão, e Michel, volante que veio por empréstimo do Grêmio, já está apto para entrar em campo e pode fazer a sua estreia com a camisa do Vasco. Entretanto, o treinador não poderá contar com o zagueiro Leandro Castán e o meia MT.

PELO LADO DA PONTE PRETA

A Ponte Preta reestreia neste domingo, diante do Vasco da Gama, Gilson Kleina como ‘novo’ treinador, nesta largada da Série B do Campeonato Brasileiro.

Com problemas do sistema defensivo até o centroavante, função na qual Paulo Sérgio segue contestado, meio-campo, assim como no Cruzmaltino, também recebe críticas constantes da torcida por conta da oscilação apresentada até aqui.

A dupla de volantes, intocável há mais de um mês, com Dawhan e Vini Locatelli ainda não rendeu o esperado. Enquanto o primeiro segue como titular absoluto e apresentações mais regulares, especialmente na derrota diante do Brusque, no domingo passado, Locatelli ainda peca por deficiência na transição entre defesa e ataque, além de pouco combate na marcação.

Tal fator, inclusive, é avaliado pelo comandante até para deixar o miolo de zaga, tão criticado, menos exposto nesta largada dos pontos corridos.

Logo na entrevista coletiva de apresentação, Kleina deixou claro a intenção de promover modificações na escalação na Ponte Preta – possivelmente do meio-campo para frente – para otimizar o desempenho no ataque e, obviamente, reforçar a marcação.

A Macaca anunciou a contratação de Lucas Cândido para atuar como segundo volante, porém ainda sem condições físicas ideais – deve levar mais uma semana, pelo menos, para ficar à disposição da comissão técnica.

Por outro lado, Barreto, então responsável pela contenção no setor, não teve empréstimo renovado junto ao Criciúma e acabou anunciado pelo Botafogo para disputa da Série B.

Não está descartada também a possibilidade de Renatinho, então aberto pelo lado direito de campo, ganhar nova função tática com Gilson, além de Camilo ter função ainda mais centralizada na armação da Ponte Preta sem cair pelo lado esquerdo como aconteceu com Fábio Moreno até a final do Troféu do Interior.

POSSÍVEIS ESCALAÇÕES

PONTE PRETA: Ygor Vinhas; Felipe Albuquerque, Ednei, Ruan Renato e Jean Carlos; Dawhan, Léo Naldi e Vini Locatelli; Niltinho, Moisés e Camilo. Técnico: Gilson Kleina

VASCO:  Vanderlei; Léo Matos, Ernando, Ricardo Graça e Zeca; Andrey, Rômulo e Marquinhos Gabriel (Sarrafiore); Morato, Gabriel Pec e Germán Cano. Técnico: Marcelo Cabo

Fonte: Esporte News Mundo
Loading...
  • Sábado, 12/06/2021 às 19h00
    Vasco Vasco 2
    Brasil de Pelotas Brasil de Pelotas 1
    Campeonato Brasileiro - Série B Bento de Freitas
  • Quarta-feira, 16/06/2021 às 19h00
    Vasco Vasco
    Avaí Avaí
    Campeonato Brasileiro - Série B São Januário
  • Sábado, 19/06/2021 às 16h30
    Vasco Vasco
    CRB CRB
    Campeonato Brasileiro - Série B São Januário
  • Quarta-feira, 23/06/2021 às 21h30
    Vasco Vasco
    Cruzeiro Cruzeiro
    Campeonato Brasileiro - Série B Mineirão
  • Sábado, 26/06/2021 às 19h00
    Vasco Vasco
    Brusque Brusque
    Campeonato Brasileiro - Série B São Januário
  • Terça-feira, 29/06/2021 às 21h30
    Vasco Vasco
    Goiás Goiás
    Campeonato Brasileiro - Série B Estádio da Serrinha
  • Sexta-feira, 02/07/2021 às 21h30
    Vasco Vasco
    Confiança Confiança
    Campeonato Brasileiro - Série B São Januário