Vasco não quer repetir os erros do passado contra a LDU

25/07/2018 às 08h08 - FUTEBOL

A campanha do Vasco na Copa Sul-Americana começa no estádio Casa Blanca, em Quito, capital do Equador, bem acima do nível do mar: a 2.700 metros. Na partida de ida do confronto com a LDU, às 19h30m (de Brasília), o time não quer repetir os erros que cometeu na última vez em que jogou na altitude. Foi em fevereiro deste ano, contra o Jorge Wilstermann, da Bolívia, pela pré-Libertadores.

As lembranças não são boas: derrotado por 4 a 0, o Cruz-Maltino só conseguiu a classificação para a fase de grupos na disputa por pênaltis, graças a defesas memoráveis de Martín Silva.

Mas muita coisa mudou no Vasco desde então. Zé Ricardo saiu do comando, e Jorginho assumiu a equipe. Desde a parada para a Copa do Mundo, a equipe ainda não perdeu. Pelo Brasileiro, foram duas vitórias (contra Grêmio e Bahia) e um empate com o Fluminense, todos em São Januário. Do time que jogou contra o Jorge Wilstermann há cinco meses, quatro já nem fazem parte do elenco: Paulão, Wellington, Paulinho e Riascos.

O maior pesadelo do Cruz-Maltino naquela partida na altitude foi a bola aérea. Em menos de 18 minutos, os bolivianos marcaram três vezes com cruzamentos na área vascaína. Um detalhe para o qual Jorginho está atento.

— (Preocupa) a questão do chute a gol. Cansaço, eu nunca senti como jogador — afirmou o técnico em entrevista ao canal “Sportv”.

Após maratona, jogadores serão poupados

Após disputar três jogos em uma semana, o Vasco decidiu poupar alguns jogadores nesta quarta. O zagueiro Breno, que teve grande atuação contra o Grêmio, deve dar lugar a Oswaldo Henríquez, que fará sua estreia pelo time. O volante Desábato, e o lateral-meia Yago Pikachu nem viajaram a Quito, assim como o lateral Ramon, lesionado.

Equipe de maior destaque internacional do Equador nos últimos anos, a LDU tem em sua sede os troféus da Libertadores (2008) e da Sul-Americana (2009), ambos ganhos em finais contra o Fluminense. Neste ano, o time vem bem no campeonato nacional: na primeira fase, foram 14 vitórias em 22 jogos e a liderança.

Foto: VascoJorginho
Jorginho

Fonte: Extra

Enquete

Quem você gostaria que fosse o novo técnico do Vasco?

Deixe seu comentario