Vasco pode repetir público superior a 20 mil pela terceira vez seguida

06/11/2008 às 08h27 - TORCIDA

A campanha do time no Brasileiro está longe de ser das melhores, mas é a torcida vascaína que está dando um verdadeiro show na competição.

Muito provavelmente, o público da partida de sábado será superior a 20 mil pessoas pela terceira vez consecutiva no Brasileiro, fato inédito na era de pontos corridos.

Só mesmo a paixão intensa dos vascaínos pode explicar o aumento de público na Colina inversamente proporcional ao desempenho do time no gramado. Em 2006, por exemplo, o Vasco lutou até a última rodada por uma vaga na Copa Libertadores e não conseguiu encher o caldeirão três vezes seguidas. Tanto carinho dedicado pelos vascaínos tem emocionado até o técnico Renato Gaúcho ultimamente.

– Quero parabenizar a torcida do Vasco pelo que vem fazendo nos últimos jogos. Ela comparece, apóia o time e não desiste. Faz a sua parte como poucas – disse Renato Gaúcho.

A massa vascaína correndo em direção ao estádio em jogos consecutivos impressiona porque o time já causou frustrações consideráveis neste ano. Contra o Cruzeiro, houve homenagem ao time campeão da Libertadores de 98, mas derrota na hora da partida. Contra o Figueirense, até o governador Sérgio Cabral Filho apareceu com a família para dar sua contribuição. E nova derrota. Nem por isso o público no estádio diminuiu. Pelo contrário. Só cresceu.

Contra o Náutico, foram 10.540 pessoas. Contra o Figueirense, 20.554 presentes. Diante do Atlético-PR, o público chegou a 22.743. Falta agora completar a trinca no sábado. Afinal, o sentimento não pode parar.

Confira os shows na Colina em 2008

Vasco 5x1 Corinthians-AL
Na partida de ida pelas quartas-de-final da Copa do Brasil, a torcida surpreende e aparece em massa em São Januário. São 20.245 presentes na Colina. O time é empurrado, dá show, goleia o rival por 5 a 1 e praticamente garante a vaga na semifinal da competição.

Vasco 2x0 Sport
O Vasco precisava vencer por três gols de diferença para se classificar à final da Copa do Brasil. O estádio fica abarrotado, a torcida promove uma cascata de fogos na arquibancada e escreve o nome do clube em luzes antes do jogo. Empurrado, o time consegue fazer 2 a 0 no Sport, mas perde a vaga nos pênaltis. Foram 24.033 espectadores na partida.

Vasco 2x4 Figueirense
Até o governador Sérgio Cabral Filho e a família estiveram na Colina para empurrar o time. Foram 21.554 torcedores presentes, mas o time decepcionou quem esteve em São Januário.

Vasco 2x2 Atlético-PR
Empolgada com a vitória sobre o Goiás fora de casa, a torcida comparece – 22.743 assistem ao frustrante empate com o Furacão no final da partida.

Fonte: Lance