Vasco pode ter problemas com Profut e Fifa por conta de empréstimo

15/02/2018 às 09h58 - FUTEBOL

Réu confesso

Ao admitir ter pego dinheiro emprestado com o empresário Carlos Leite, o Vasco confessou duas infrações. Violou o código de ética da Fifa, que veta conflitos de interesse. E, pior, rasgou a lei do Profut, o programa de refinanciamento das dívidas, que enquadra em gestão irregular ou temerária o recebimento de recursos de terceiros que tenham ligação com o clube. É que Carlos Leite é empresário de 12 jogadores do Vasco. Socooorro!

O que pode rolar...

“Na Fifa, as sanções vão de advertência até banimento”, alerta o advogado Leven Siano, que milita no futebol. O castigo previsto pela lei do Profut também não é suave: “A penalidade é de dez anos de inelegibilidade”, avisa. Ui!

Fonte: Coluna Gente Boa - O Globo/ Netvasco

Enquete

Quem você gostaria que fosse o novo técnico do Vasco?

Deixe seu comentario