Vasco recorre de liminar que anula eleição de novembro

24/10/2018 às 09h24 - FUTEBOL

O Vasco entrou na terça-feira com recurso no Tribunal de Justiça do Rio para tentar derrubar a liminar que determinou a anulação da eleição passada e a realização de uma nova no dia 8 de dezembro. O departamento jurídico do clube tenta em segunda instância evitar que a ação movida pelo grupo de oposição Sempre Vasco tenha sucesso.

Outros recursos sobre a mesma liminar, de autoria de conselheiros do Vasco, também já chegaram à Justiça. Rogério Peres, vice jurídico do clube, ressaltou que o Cruz-Maltino tem pressa para reverter a questão. Segundo ele, a instabilidade política prejudica o ambiente.

- Quanto mais tempo perdermos nessa situação, tudo que estamos trabalhando fica comprometido - lamentou o dirigente.

O Vasco alega que apenas quando a liminar foi derrubada foi possível assinar o empréstimo de R$ 38 milhões para fechar as contas até dezembro. Quarta-feira, a diretoria efetuou o pagamento dos salários de agosto e setembro de funcionários e jogadores. O valor referente ao direito de imagem dos atletas também foi quitado.

Foto: Site Oficial do Vasco Eleição
Eleição

Fonte: Agência O Globo