Vasco recusa 'torneio alternativo' após a eliminação da Taça Guanabara

05/02/2018 às 08h09 - FUTEBOL

Eliminados da Taça Guanabara, Vasco e Fluminense poderiam seguir em atividade no Campeonato Carioca. Mas apenas se quisessem, o que não acontecerá.

Por regulamento, os dois grandes têm a prerrogativa de jogar um quadrangular contra Nova Iguaçu e Portuguesa, que, assim como eles, terminaram a fase na 3ª e 4ª colocação.

"Simultaneamente à disputa das semifinais e finais da Taça Guanabara, as associações classificadas em 3º e 4º lugar de cada grupo (B ou C) ao final do 1º turno, poderão participar, se assim o desejarem, de um quadrangular cujos critérios, condições e premiação serão estabelecidos pelo DCO. Da mesma forma em relação à Taça Rio", informa o regulamento aprovado pelos clubes.

De olho na Libertadores, o Vasco não irá inchar ainda mais o seu calendário com datas que não representariam ganho algum, assim como o Flu, que deverá optar pelo tempo livre para ajustar a sua equipe. O Tricolor já informou à Federação de Futebol do Rio de Janeiro (Ferj) que está fora da disputa. Com a recusa dos grandes, a entidade conversará com Macaé e Cabofriense - equipes na sequência da tabela - para manter o torneio.

Colocado no regulamento em 2016, o artigo se vê diante de tal impasse pela primeira vez. A ideia da Ferj sempre foi priorizar o calendário dos times de menor investimento.

Sem a competição continental e fora da Taça Guanabara, o Fluminense só entrará em campo novamente no dia 21 de fevereiro, data do provável confronto diante do Salgueiro, pela segunda fase da Copa do Brasil. Já o Vasco encara o Universidad Concepción na próxima quarta, no duelo de volta da fase de grupo da Copa Libertadores.

Fonte: UOL Esporte

Enquete

Quem você gostaria que fosse o novo técnico do Vasco?

Deixe seu comentario