Vasco vai dividir o pagamento dos salários de Fabrício com o Cruzeiro

31/01/2018 às 08h13 - FUTEBOL

Enquanto parece ter praticamente finalizado as contratações para a temporada - ao menos que apareça uma oportunidade -, o Cruzeiro ainda buscar encaminhar um futuro para atletas que pertencem ao clube e que não serão utilizados pelo técnico Mano Menezes. A estratégia é rescindir o contrato ou ceder o jogador a outro clube, sem custo nenhum à Raposa. Entretanto, uma situação virou exceção: a do lateral Fabrício.

O empréstimo dele ao Vasco até o final da temporada não se encaixa à política da diretoria cruzeirense, que tenta diminuir a folha salarial com esta ação. Com o jogador, o Cruzeiro vai dividir o pagamento dos salários com o Vasco.

- O Cruzeiro não está tendo condição de bancar o salário do jogador. Então, estamos propondo aos poucos a rescisão. Ou, se algum jogador conseguir um clube, o Cruzeiro libera de graça. Só no caso do Fabrício que vamos pagar a metade do salário do jogador - explicou Itair Machado, vice-presidente de futebol do Cruzeiro.

O dirigente disse que o Cruzeiro está finalizando rescisões de alguns jogadores. Atualmente, há um grupo treinando separado na Toca da Raposa, como o goleiro Lucão, o lateral Pará, o meia Careca e o atacante uruguaio Latorre.

- Tem algumas rescisões para acontecer, mas os acordos ainda não foram fechados. A gente entende o lado dos jogadores, então a gente tem que ter paciência. Ees estão tendo toda a assistência na Toca. Estamos fazendo isso.

Por Gonzalo Latorre, que nunca jogou pelo profissional do Cruzeiro, o clube teve duas propostas (Remo e Fortaleza), mas o atleta não aceitou. O atacante ficou de apresentar uma outra proposta, que teria recebido de um time estrangeiro, mas, até agora, não o fez, segundo Itair Machado.

- O Latorre a gente conseguiu dois clubes, e ele não quis ir. Disse que iria apresentar um clube de fora e, até hoje, não apresentou. A gente está aguardando.

Fonte: GloboEsporte.com

Enquete

Quem você gostaria que fosse o novo técnico do Vasco?

Deixe seu comentario