Futebol

Vasco vive processo de transformação com resultados ainda tímidos em campo

A queda do Vasco na semifinal do Campeonato Carioca coloca um fim simbólico ao período dos seis primeiros meses de futebol sob o comando da 777 Partners. No dia 2 de setembro do ano passado, a empresa americana assinou a compra de 70% dos direitos econômicos da SAF. Contra o Flamengo, o cruz-maltino fechou período de muito dinheiro empenhado e resultados nada extraordinários em campo.

  • Casa arrumada
  • Retorno à Série A no sufoco
  • Contratação de Maurício Barbieri
  • R$ 100 milhões em reforços
  • Eliminação para o ABC
  • Campanha no Carioca

Casa arrumada

A primeira medida dos americanos ao assumir o futebol do Vasco foi ajustar o fluxo de caixa. Cerca de R$ 190 milhões foram investidos em 2022, em forma de empréstimo-ponte e, depois da assinatura, como primeiro aporte. O dinheiro foi utilizado para quitar salários atrasados, zerar dívidas com fornecedores, prestadores de serviço. Serviu também para pagar as parcelas do RCE, instrumento que pode livrar o Vasco de penhoras e que pode dar fim às dívidas trabalhistas e cíveis.

Retorno à Série A no sufoco

A 777 assumiu o futebol do Vasco apenas em setembro, mas a ingerência sobre o departamento começou antes, desde o processo de diligência, com o intercâmbio de informações e a consulta aos americanos para tomada de decisões mais importantes. E eles não conseguiram trazer tranquilidade à campanha do time na Série B. O Vasco conquistou o acesso à primeira divisão apenas na última rodada, em um confronto direto com o Ituano, em Itu. Foi a pior campanha vascaína de acesso em sua história - o clube havia retornado à elite outras três vezes antes da campanha do ano passado.

Contratação de Maurício Barbieri

Depois do acesso à primeira divisão, o Vasco demitiu Jorginho, contratado para ser comandar a equipe na reta final da Série B. Assumiu Maurício Barbieri, técnico já com experiência no cargo em um contexto de departamento de futebol com dono - ele esteve por duas temporadas no Red Bull Bragantino. Ele não era a primeira opção dos novos donos da SAF, mas conseguiu mostrar virtudes desde que foi anunciado, dia 6 de dezembro. Como disse depois da derrota para o Flamengo, é hora de tentar passo seguinte.

- Pelos jogos que fizemos neste Carioca, vejo que somos competitivos. Isso é importante. Agora é trabalhar para nos tornarmos mais do que isso - afirmou.

R$ 100 milhões em reforços

O Vasco não foi apenas atrás de um novo treinador, capaz de liderar o projeto. Uma profunda transformação em seu elenco está em curso. Já foram contratados13 jogadores e outros devem chegar até o começo da disputa do Brasileiro. Os gastos já superam os R$100 milhões, mas a sensação que ficou é outros nomes precisam chegar. O cruz-maltino priorizou a compra dos direitos econômicos dos jogadores. Ele olhou com carinho o mercado sul-americano, de onde vieram o lateral-direito Puma Rodríguez, o zagueiro Capasso e o atacante Orellano. Houve a preocupação também em fechar com jogadores mais jovens, que abrem a brecha para uma revenda no futuro.

Eliminação para o ABC

Com tanto dinheiro à mesa, queda na Copa do Brasil, ainda na segunda fase, para um adversário recém-promovido para a Série B, representou uma grande decepção. O Vasco acumulou desgaste com a torcida, ao promover o aumento no preço dos ingressos na partida, e prejuízos, ao deixar de poder contar com as premiações da competição que mais paga aos times que avançam rumo à final. O pior de tudo foi a maneira como o resultado negativo aconteceu: a equipe fez sua pior partida na temporada e, na disputa de pênaltis, viu as duas principais contratações da SAF perderem suas batidas: Pedro Raul e Orellano.

Campanha no Carioca

Na terceira competição que a SAF do Vasco disputou, o resultado foi um pouco melhor. O Vasco venceu com sobras adversários mais fáceis do Carioca, no aguardo das partidas mais difíceis, que serviriam de régua melhor para medir a evolução do time. A equipe perdeu para o Volta Redonda, que posteriormente se classificaria para a semifinal do Carioca, perdeu para o Fluminense e venceu Flamengo e Botafogo. Quando chegou às partidas decisivas contra o Flamengo, teve momentos bons, mas acabou sendo superado. O placar agregado de 6 a 3 para o rubro-negro não deixou dúvidas de que o caminho do Vasco ainda é longo até conseguir disputar títulos, sonho maior dos vascaínos depois da venda da SAF para a 777 Partners.

Fonte: Agência O Globo
  • Domingo, 21/07/2024 às 16h00
    Vasco Vasco 0
    Atlético Mineiro Atlético Mineiro 2
    Campeonato Brasileiro - Série A Arena MRV
  • A definir
    Vasco Vasco
    Grêmio Grêmio
    Campeonato Brasileiro - Série A A definir
  • A definir
    Vasco Vasco
    Cuiabá Cuiabá
    Campeonato Brasileiro - Série A A definir
  • A definir
    Vasco Vasco
    Red Bull Bragantino Red Bull Bragantino
    Campeonato Brasileiro - Série A A definir
  • A definir
    Vasco Vasco
    Fluminense Fluminense
    Campeonato Brasileiro - Série A A definir
  • A definir
    Vasco Vasco
    Criciúma Criciúma
    Campeonato Brasileiro - Série A A definir