Veja o retrospecto das decisões de turno de Estadual entre Vasco e Flamengo

02/04/2019 às 08h30 - FUTEBOL

Decisões de turnos do Campeonato Carioca

1973 – Taça Guanabara – 1º Turno – Última rodada
Pau a pau
Flamengo 1 x 0 Vasco – Flamengo Campeão
Gol: Arilson

—–

1975 – Taça Daniel Leal Carneiro – 3º Turno – Partida Extra
Vasco 1 x 0 Flamengo – Vasco Campeão
Gol: Moisés

—–

1976 – Taça Guanabara – 1º Turno – Partida Extra
Vasco (5) 1 x 1 (4) Flamengo – Vasco Campeão
Gols: Roberto Dinamite (Pênalti); Geraldo (FLA)

——-

1977 – Taça Manoel do Nascimento Vargas Netto – 2º turno – Partida Extra
Vasco (5) 0 x 0 (4) Flamengo – Vasco Campeão

——

1978 – Taça Cidade do Rio de Janeiro – 2º turno – Última rodada
Vasco jogava pelo empate
Flamengo 1 x 0 Vasco – Flamengo Campeão
Gol: Rondineli

——

1982 – Taça Guanabara – 1º Turno – Partida Extra
Flamengo 1 x 0 Vasco – Flamengo Campeão
Gol: Adílio

—–

1986 – Taça Guanabara – 1º turno – Última rodada
Pau a pau
Vasco 2 x 0 Flamengo – Vasco Campeão
Gols: Romário (2)

——

1988 – Troféu Brigadeiro Gerônimo Bastos – 3º turno – Última rodada
Pau a pau
Vasco 3 x 1 Flamengo – Vasco Campeão
Gols: Vivinho, Sorato (2); Andrade (FLA)

——-

1996 – Taça Guanabara – 1º Turno – Última Rodada
Flamengo jogava pelo empate
Flamengo 2 x 0 Vasco – Flamengo Campeão
Gols: Romário, Sávio

——

1998 – Taça Guanabara – 1º Turno – Última rodada
Vasco jogava pelo empate
Vasco 0 x 0 Flamengo – Vasco Campeão

——

1999 – Taça Guanabara – 1º turno – Última rodada
Vasco jogava pelo empate
Flamengo 2 x 1 Vasco – Flamengo Campeão
Gols: Athirson, Romário; Odvan (VAS)

——

1999 – Taça Rio – 2º Turno – Última rodada
Vasco jogava pelo empate
Vasco 2 x 0 Flamengo – Vasco Campeão
Gols: Edmundo (2)

——

2000 – Taça Guanabara – 1º turno – Última rodada
Vasco jogava pelo empate *
Vasco 5 x 1 Flamengo – Vasco Campeão
Gols: Felipe, Romário, Romário (Pênalti), Romário, Pedrinho (Pênalti); Leandro Machado (FLA)

* Além de derrotar o Vasco o Flamengo contava em obter os pontos do empate que obtivera diante do Cabo Frio no campo do adversário, em razão da suposta utilização de um atleta adversário, sem condições de jogo. O julgamento do caso se deu após a partida contra o Vasco e no tapetão houve derrota também do rubro-negro.

——

2003 – Taça Guanabara – Turno classificatório para o quadrangular final do campeonato – Última rodada
Vasco jogava pelo empate *
Vasco 1 x 1 Flamengo – Vasco Campeão
Gols: Wellington Monteiro; Zé Carlos (FLA)

* Quatro dias após o jogo, a equipe do Americano, de Campos, ainda poderia matematicamente conquistar o título, em razão do empate no clássico, caso derrotasse o Friburguense por 8 gols de diferença. A Taça Guanabara, entretanto, já fora entregue ao Vasco após o jogo contra o Flamengo, quatro dias antes, dentro de campo, com anuência do presidente da FFERJ, Eduardo Viana. Americano e Friburguense empatariam em 0 x 0 no confronto entre ambos.

—–

2011 – Taça Rio – 2º turno – Decisão
Pau a Pau
Flamengo (3) 0 x 0 (1) Vasco – Flamengo Campeão

—–

2019 – Taça Rio – 2º turno – Decisão
Pau a Pau
Flamengo (3) 1 x 1 (1) Vasco – Flamengo Campeão
Gols: Arrascaeta; Tiago Reis (VAS)

Vasco 9 x 7

——

OBS: Em 1992, na última rodada da Taça Guanabara, o Vasco precisava apenas do empate para conquistar o turno, contra o Flamengo, mas se o rubro-negro vencesse a partida, por qualquer placar, haveria um jogo extra, daí não ter sido tal disputa considerada uma decisão aquele jogo, pois apenas uma equipe poderia ser campeã naquela ocasião.

OBS 2: Em 1996, na última rodada da Taça Rio, o Flamengo precisava apenas do empate para conquistar o turno, contra o Vasco, mas se os cruzmaltinos vencessem a partida, por qualquer placar, haveria um jogo extra, daí não ter sido tal disputa considerada uma decisão aquele jogo, pois apenas uma equipe poderia ser campeã naquela ocasião.

——

Em 1993 o Vasco conquistou a Copa Rio, competição que dava uma vaga para a Copa do Brasil do ano seguinte.

Na decisão, em dois jogos, o Vasco derrotou o Flamengo por 2 x 0 e 1 x 0 respectivamente.

Fonte: Site Casaca