Clube

Vitor Roma: "Não recebi nenhum tipo de agressão"

0

Recentemente, alguns canais do youtube, que apoiam abertamente Leven Siano, ex-candidato à presidência do Vasco, têm atacado a Mais Vasco, chapa vencedora do pleito cruz-maltino.

Em uma live no Youtube, integrantes do canal VasGuerreiro dizem, sem provas, que Jorge Salgado e a Mais Vasco ofereceram mais de R$1 milhão de reais ao partido Solidariedade para retirar a ADPF impetrada no STF.

O Papo na Colina falou com Vitor Roma, futuro Vice-presidente de Marketing do Vasco e membro da Mais Vasco, que se posicionou sobre o caso:

– Eu não recebi nenhum ataque a minha pessoa desses caras. Não vejo esses programas, nunca vi nenhum programa do Leven. Como já disse antes, me preocupei muito em construir o melhor projeto da história do Vasco, para o Vasco. Estamos esperando a posse para começar a implementá-lo. Não recebi nenhum tipo de agressão. Se eu receber, a gente analisa, vê o que está sendo dito, porque se fala muita coisa na política do clube que é um pouco complicado, mas até agora, de fato, não.

Vitor ainda comentou a recente decisão da Justiça que multou 40 sócios do clube em 10 mil reais em ação que visava anular o pleito vencido por Salgado:

– Estou tentando efetivamente arrefecer os ânimos porque a eleição acabou. O Jorge ganhou com quase 1700 de votos contra 1300 do segundo colocado e 1200 do terceiro colocado, que foi o Leven, ou seja, uma diferença de votos abissal. Isso é uma tentativa de poucas pessoas. Eu lamento muito que o Leven esteja alimentando esse negócio, porque ficam achando que vai conseguir. Agora você viu, 40 pessoas tiveram um prejuízo de 10 mil reais cada um, um saco esse negócio, mas enfim, não recebi nenhum tipo de agressão até agora. Acho que cada um que receba tem que pensar o que fazer. Vou me manifestar ou fazer alguma coisa na hora que for contra mim .

Fonte: Papo na Colina