Vitória contra o São Paulo muda cenário do Vasco

23/11/2018 às 08h10 - FUTEBOL

Andrey e Pikachu fizeram os gols do Vasco na vitória por 2 a 0 sobre o São Paulo, quinta-feira, em São Januário, mas a defesa espetacular de Fernando Miguel na cabeçada de Rodrigo Caio, quando o placar estava 1 a 0, o transformou também em herói. Mais do que isso. Com a boa sequência de atuações, ele ameaça posto de titular de Martín Silva, que estará à disposição para a próxima rodada, contra o Palmeiras.

O uruguaio chegou a ser barrado pelo técnico Celso Roth em 2015, em seu segundo ano no clube, mas com o tempo se tornou ídolo e quase intocável. Contratado neste ano, Fernando Miguel conquistou a confiança de todos no clube, e, aos poucos, fez com que a presença de Martín fosse considerada mais "indispensável", já que anteriormente não tinha substitutos considerados à altura.

Foi assim, por exemplo, quando ele retornou de uma de suas recentes convocações para seleção do Uruguai e se dispôs para viajar no mesmo dia para enfrentar o Sport, no Recife. A decisão da comissão técnica foi de manter Fernando Miguel na equipe.

Milagre! Rodrigo Caio cabeceia forte, e Fernando Miguel salva aos 42 do 2º tempo

Na entrevista coletiva após o jogo, o auxiliar Fernando Miranda - Alberto Valentim estava suspenso - não quis garantir o retorno de Martín. Fernando Miguel deixou clara sua admiração pelo uruguaio, mas disse que deseja ampliar seu espaço.

- A grandeza do Martín Silva ninguém vai tirar e mudar. Mas busco meu espaço. Meu papel é me dedicar todos os dias e respeitar as decisões que forem tomadas, dentro e fora de campo. Meu respeito independe de ser titular ou reserva - disse Fernando Miguel.

Melhores momentos de Vasco 2 x 0 São Paulo pela 36ª rodada do Brasileirão 2018

Maxi, Castan e Luiz Gustavo nas graças da torcida

O resultado positivo contra o São Paulo deixou o Vasco com 42 pontos, em uma situação mais tranquila para tentar nas duas últimas rodadas eliminar o risco de rebaixamento. Após o jogo, o semblante os jogadores, funcionários e torcedores era outro. Uma euforia difícil de disfarçar, embora a missão ainda não esteja completa.

Os vascaínos elegeram alguns personagens principais para enaltecer. Primeiro, Maxi López. Novamente o argentino foi bem, e deu a assistência para o gol de Pikachu. Após a partida, seu nome foi gritado por todo estádio. Houve carinho também para dois jogadores que mostraram um grande espírito de luta: Luiz Gustavo, que se desdobrou e ganhou todas os lances, e Leandro Castan, por sua liderança.

Ainda sem a certeza matemática da salvação, como estará a cabeça dos vascaínos para o jogo contra o Palmeiras, no próximo domingo, em São Januário. A equipe paulista disputa diretamente com o Flamengo o título brasileiro.

- Será mesmo que a torcida do Vasco quer ver o Palmeiras campeão aqui dentro? Será nosso último jogo em casa, e queremos manter essa grande invencibilidade. É muito difícil nos vencer aqui. Raça e determinação não vão faltar - disse o meia Thiago Galhardo.

Vasco e Palmeiras se enfrentam no próximo domingo, às 17h (de Brasília), em São Januário.

Foto: Radio Brasil fernando miguel
fernando miguel

Fonte: GloboEsporte.com

Mercado

Confirmado

Você aprova a saída de Lenon?

Especulações Mercado