Wagner acredita em renovação próxima com o Vasco: "Estou em casa"

27/06/2018 às 14h10 - FUTEBOL

A renovação de Wagner com o Vasco não terá problemas para acontecer. Depois de negociar um novo vínculo com três diretorias diferentes, o meia contou que teve uma conversa inicial com o presidente Alexandre Campello. Ele acredita que não haverá dificuldade para chegar a um acordo.

- O André (Souza, supervisor), o PC (Gusmão, coordenador técnico) e o presidente já acenaram que querem que eu continue. Já estão quase fechando o tempo de contrato, agora só falta acertar os números. Creio que até antes dessa Copa a gente consegue resolver – disse o jogador.

A negociação, no momento, está em compasso de espera. Isso porque a prioridade da diretoria é fechar a renovação de Andrés Rios e trazer reforços. A tendência, porém, é que um acordo aconteça sem problemas.

- O que queria era quatro anos de contrato. Creio que entre três e dois anos deve ser o ideal para as duas partes. Estou em casa. Mais um ou dois anos eu viro carioca. Quem sabe esse contrato venha com três anos e eu já não vire carioca? - completou Wagner.

Elogios a Alexandre Faria

O meia brincou com o longo processo de renovação. A primeira conversa aconteceu ainda com Fred Lopes, então vice-presidente de futebol. Depois, a negociação seguiu com Paulo Pelaipe e Newton Drummond, executivos que deixaram o clube em maio. E, então, prosseguiu com PC Gusmão e André Souza. Ela será finalizada por Alexandre Faria, novo diretor de futebol.

- Foi uma loucura (risos). Conversa com o Fred, ele sai. Conversa com o Pelaipe, ele sai. Com o Chumbinho, ele sai. Conversa com o PC e o André, aí chega o Alexandre. Ainda vou ter que conversar com o Alexandre, porque ele vai ser o responsável. Foi ele que me subiu no América-MG com 17 anos. É um cara sério, profissional e ganhador.

Adaptado ao Vasco, Wagner sinalizou o desejo de permanecer. Ele chegou ao clube em janeiro de 2017, mas só se firmou no time titular no segundo semestre. Em 2018, vem sendo um dos atletas mais regulares da equipe – são 29 jogos e quatro gols marcados até aqui.

Fonte: GloboEsporte.com

Enquete

Você é favorável ao retorno de Antônio Lopes no cargo de dirigente?

Deixe seu comentario