Wagner fala sobre salários e partida contra o Cruzeiro

03/04/2018 às 10h50 - FUTEBOL

Wagner: "Eu já, com meus 33 anos, sei bem como é esse caminho. Começo de carreira foi convivendo com salários atrasados. Mas hoje, aqui no Vasco, estamos tendo um respaldo muito bom. Fred conversa sempre com a gente, troca ideias, falamos sobre premiações".

"Está caminhando bem em relação a isso. Se um ou outro jogador precisar de algo mais urgente, chamamos o Fred e pedimos prioridade. Sabemos que vai entrar dinheiro no Vasco durante o ano. Vamos fazer o nosso dentro de campo que temos certeza que eles vão fazer lá fora". Wagner.

"Experiente por ter jogado por lá 5 anos, abala um pouco sim, a torcida pressiona, mas os jogadores que estão lá têm uma capacidade absurda, são jogadores com nível de seleção", Wagner, sobre derrota do Cruzeiro diante do Atlético-MG na 1ª final do Mineiro.

Wagner: 'A gente já está assim desde que começamos disputar a pré-Libertadores, pegamos esse espírito, Campeonato Carioca já vem seguindo. Nossa aura aqui no Vasco está muito positiva, só trazer coisas boas. Negativas ficam do portão para fora. Nada vai nos abalar', Wagner.

Wagner: 'A gente está conseguindo controlar bem com a Maíra, fazendo um ótimo trabalho aqui no Vasco, nossa psicóloga, desde a partida do Fluminense. Ela nos uniu, fez uma reunião antes daquela partida, foi muito descontraído. Conteúdo bom. Muito bom'.

Fonte: Twitter do jornalista Lucas Pedrosa/Esporte Interativo

Enquete

Qual a culpa dos problemas políticos do Vasco na campanha do clube no Brasileiro?

Deixe seu comentario