Wagner sobre final eletrizante contra o Boavista: 'Foi no coração, na raça'

05/03/2018 às 13h27 - FUTEBOL

"É isso que move a paixão do futebol. É um jogo em que tentávamos, não estava tão difícil, mas o gol não saía, não conseguíamos ter uma oportunidade clara. Aí eles viraram no último minuto do primeiro tempo. Depois, foi no coração, na raça, na determinação" #gevas

Sobre pontos fracos: "Muitas vezes você se arrisca, deixa no mano a mano lá atrás. Sabemos disso. Mas temos de saber o momento certo de ir e matar, porque muitas vezes estamos saindo e desguarnecendo um pouco o pessoal da defesa. Temos de ter essa leitura e melhora" #gevas

Fonte: Twitter do jornalista Bruno Giufrida - GE

Enquete

Você é favorável ao retorno de Antônio Lopes no cargo de dirigente?

Deixe seu comentario