Werley revela parceria antiga com Castan

17/10/2018 às 09h37 - FUTEBOL

O ano de 2018 tem sido atípico para Werley. Pela primeira vez desde que foi promovido aos profissionais do Atlético Mineiro, o experiente jogador conviveu com lesões e precisou ficar afastado dos gramados durante grande parte da temporada. A partida do último fim de semana, diante do Cruzeiro, foi apenas a 17ª do zagueiro pelo Vasco da Gama, onde desembarcou no mês de janeiro.

- Todo jogador gostar de estar dentro de campo e estar à disposição do treinador. Eu vinha de uma sequência boa quando quebrei o braço. Trabalhei forte e retornei, mas acabei fissurando o pé logo na minha primeira partida. Estou muito feliz com esse momento, com o trabalho que vem sendo feito, pela dedicação diária de todos. O que espero agora é retomar aquela sequência para ajudar os companheiros na reta final da competição - disse o defensor.

Quis o destino que o parceiro de Werley em seu retorno aos gramados fosse um velho conhecido. Quando ainda era promessa e lutava por espaço nas divisões do Galo, o camisa 34 chegou a formar dupla de zaga com Leandro Castan. O entrosamento de longa data foi essencial para que o sistema defensivo do Gigante da Colina passasse em branco pela terceira vez no Campeonato Brasileiro.

- O Castan eu conheço de muito tempo. Fizemos base juntos no Atlético. Ele é dois anos mais velho que eu, mas o conheço bem, sei sua forma de atuar. Já tivemos a oportunidade de jogar juntos em outros momentos e é sempre bom jogar ao lado dele. Acredito que fizemos um grande jogo contra o Cruzeiro. Foi importante não sofrer gols para aumentar a nossa confiança e fazer com o sistema defensivo se tornar mais forte - afirmou Werley, destacando a importância de um bom trabalho coletivo para o funcionamento da retaguarda.

- O bom trabalho defensivo é mérito de todos, não apenas dos defensores. O Vasco tem que ser forte como grupo e o Alberto tem batido muito nessa tecla, tem cobrado muito isso de nós. Acredito que estamos no caminho certo, demonstramos isso nas últimas partidas. Tenho certeza que conseguiremos ter um futuro positivo e melhorar nossa posição dentro do Brasileiro - completou o camisa 34.

No próximo sábado (20/10), o desafio cruzmaltino será no Recife, diante do Sport, na Ilha do Retiro. Em 14º lugar com 34 pontos, o Almirante irá em busca da primeira vitória atuando fora de casa para se afastar ainda mais do incômodo Z4 e entrar de vez na briga por uma vaga para a Conmebol Sul-Americana 2019. Um triunfo, inclusive, pode fazer o time de São Januário encerrar a rodada na zona de classificação.

- Vamos procurar fazer uma grande semana de preparação. Iremos buscar o resultado positivo lá contra o Sport. Não será um jogo fácil, dificuldades irão existir, mas faremos de tudo para sair de lá com os três pontos e com a primeira vitória fora de casa. Sobre a questão da cobrança, todos sabemos que ela sempre existe quando se jogar num grande clube. A torcida do Vasco é exigente, mas é uma torcida que apoia e joga junto - finalizou Werley.

Foto: fetebolinterior werley
werley

Fonte: Site oficial do Vasco