Werley valoriza o ponto conquistado no clássico: "Estamos no caminho certo"

10/03/2019 às 16h30 - FUTEBOL

O empate com o Flamengo no último minuto, fez com o que o Vasco continuasse invicto em 2019. Agora o time soma 9 vitórias e 3 empates, tendo enfrentando todos os rivais cariocas, ao menos uma vez. O zagueiro Werley valorizou muito o ponto conquistado, ressaltando a luta da equipe.

“Nossa equipe desde o ano passado se fortaleceu muito pelas dificuldades que nós enfrentamos. Foi o primeiro jogo que nós saímos atrás no placar e fomos buscar com tudo. A gente tem que valorizar esse ponto, nosso poder de reação e saber que a gente está no caminho certo. Claro que a gente precisa evoluir porque as dificuldades só vão aumentar, mas isso é só com trabalho. Vamos conseguir coisas importantes”.

O jogo foi cercado por muita pressão do lado vascaíno, devido ao Flamengo ter entrado em campo com um time alternativo. No entanto, na avaliação de Werley, clássico é sempre equilibrado, independentemente dos jogadores escalados.

“O elenco deles é muito bom. Eu já tive oportunidade de jogar outros clássicos com um time alternativo e ganhar. Clássico é muito igual, independente do time que estiver do outro lado. Ano passado também enfrentamos o time principal deles e fomos bem”.

Gol que não sai

No clássico contra o Flamengo, quando o jogo estava 0 a 0, Werley desperdiçou uma grande chance. Em escanteio pela esquerda, o zagueiro cabeceou livre, por cima da meta Rubro-Negra. O zagueiro ainda não marcou com a camisa do Vasco, situação que já gera cobranças.

“O Alberto nos cobra, tanto a mim quanto ao Castán, para fazer gol. Fala que a gente merece por sermos generosos ali atrás. Eu já tive oportunidades em outros clubes para fazer. Aqui está difícil sair esse golzinho”.

Jogo diante do Avaí

O elenco do Vasco folgou neste domingo (10) e retorna aos treinamentos, amanhã, em São Januário. O próximo compromisso é na quinta-feira, contra o Avaí, pela Copa do Brasil. Werley, que conhece bem o treinador da equipe catarinense, afirmou que é fundamental conquistar uma vitória dentro de casa.

“Em 2008 eu trabalhei com o Geninho lá no Atlético-MG. Eu vi o jogo contra o Brasil de Pelotas. É uma equipe chata, tem jogadores altos, um time que incomoda bastante. É importante dentro da nossa casa, com apoio do nosso torcedor, fazer um grande jogo e vencer. Dentro da Ressacada realmente o Avaí é muito forte e quando eles tem que propor o jogo, eles possuem um pouco de dificuldade. Então vai ser muito importante ir para Florianópolis com uma vantagem importante”.

Foto: Reprodução/TwitterWerley
Werley

Fonte: Esporte24Horas