Zé Ricardo admite: 'Tento me manter calmo, mas é difícil'

06/04/2018 às 13h00 - FUTEBOL

Zé sobre Henrique: "É simples. Ele está voltando de lesão. Primeiro passo era ser relacionado e agora começar a recuperar a forma normal. A gente espera que, jogando ele ou o Fabrício, estejam bem." #gevas

Zé: "Sabíamos que teríamos jogos difíceis. Praticamente só jogamos e recuperamos. Tivemos vitórias que nos deram um estímulo maior e suportamos a pressão do Cruzeiro. Acho que estamos no caminho." #gevas

Zé: "Agora é fazer um outro bom jogo nesse jogo decisivo. Depois de tantos problemas, uma volta olímpica seria uma glória." #gevas

Zé: "Sem dúvida, toda emoção já ficou pros últimos jogos. Mas futebol tem isso. Maracanã vai estar lotado, uma grande festa. Espero que seja um domingo de celebração." #gevas

Zé: "Há uma renovação natural dos técnicos, estamos tentando buscar espaço. O Alberto tem um trabalho valoroso, está mostrando isso. Claro que temos referências, e um das minhas é o Abel, nunca escondi. Mostra toda sua capacidade, seu time joga de forma atual." #gevas

Zé: "Tento me manter calmo, mas é difícil. Esse é um momento único, especial. Fui campeão ano passado, mas é sempre diferente. Maracanã... nasci e fui criado ali ao lado. Tantos treinadores passaram por aquele banco. Passa tudo isso pela cabeça." #gevas

Zé: "Claro que a nossa vantagem do empate não nos garante nada, ela é mínima. Foi um ensinamento para o Vasco e para o Botafogo. A média de gols do confronto está alta, e não acredito que vá ser diferente. Temos que tentar minimizar os pontos fortes do Botafogo." #gevas

Fonte: Twitter do jornalista Fred Huber/GloboEsporte.com

Enquete

Qual a culpa dos problemas políticos do Vasco na campanha do clube no Brasileiro?

Deixe seu comentario