Abedi - o Guerreiro da Colina

16/01/2006 às 07h49 - CLUBE

Abedi está acostumado a driblar os desafios. Caçula entre os homens numa família de dez filhos, na infância pobre em Campo Grande teve que trabalhar pesado ao lado do pai como pedreiro. Mas a vida lhe trouxe um obstáculo maior. O filho Róbson, de 4 anos, recuperou-se de uma leucemia, mas perdeu os movimentos das pernas.

A garra que tem para lutar contra o problema, o meia leva para dentro de campo. Incansável, logo ganhou a admiração da torcida e dos companheiros no Vasco.

Abedi foi contratado pelo Vasco após ser o artilheiro do Friburguense com cinco gols no Campeonato Carioca de 2005, dentre eles um no Botafogo e um no Fluminense. Começou a carreira no Campo Grande. O apelido veio nas divisões de base pela suposta semelhança com o jogador africano Abedi Pelé. Já passou por 12 clubes, jogou em sete estados brasileiros, além de ter passagens pelo futebol suíço.

Aos 16 anos, foi envolvido numa transação internacional. Depois de cinco anos na Suíça, jogar em três clubes, Abedi voltou para o Brasil sem dinheiro e com a certeza de que fora usado. Trouxe na bagagem apenas o francês, que fala fluente.

Abedi iniciou o Brasileiro de 2005 no banco e teve dificuldades para se adaptar. Só foi encontrar seu futebol quando o técnico Renato Gaúcho assumiu o time. O meia, de apenas 1,66m, marcou o primeiro gol pelo Vasco na incrível virada contra o São Caetano por 3 a 2, no Brasileiro de 2005. Acabou sendo, ao lado de Alex Dias, o jogador que mais defendeu o Vasco no Campeonato Brasileiro de 2005. Fez 34 partidas no total.

O bom rendimento garantiram a renovação de contrato até o final de 2007. Abedi não demorou para agradecer a confiança. Começou a temporada marcando gols.

Ficha técnica
Nome: Robson Vicente Gonçalves
Data de Nascimento: 14/04/1979, no Rio de Janeiro-RJ
Altura: 1,66m
Peso: 64kg
Carreira: Campo Grande-RJ (1997), Sion-SUÍ (1998-1999); Basel-SUÍ (1999); Yverdon-SUÍ (2000), Mogi-Mirim (2001), Coritiba (2001); Cruzeiro (2001); Santa Cruz-PE (2002), Avaí (2003), Friburguense (2003, 2004 e 2005), América-RN (2004), Vasco (desde 2005)
Contrato até dezembro de 2007

Pelo Vasco
Jogos: 39 (até Vasco 3 x 1 Madureira, em 15/1/2006)
Gols: 8 (até Vasco 3 x 1 Madureira, em 15/1/2006)
Estréia: 24/04/2005 - Brasiliense 0 x 1 Vasco - Brasileiro

Fonte: GloboEsporte.com