Abel Braga revela conversa com Luxemburgo sobre o Vasco

18/12/2019 às 12h26 - CLUBE

O técnico Abel Braga foi apresentado oficialmente hoje (18) de manhã pelo Vasco em entrevista coletiva no salão de beneméritos do clube. Ao lado do presidente cruzmaltino, Alexandre Campello, o treinador demonstrou estar compreensível com a atual situação financeira da agremiação e confiou na palavra do mandatário, que é seu amigo pessoal.

"Na reunião só quem falou foi ele (Campello). Eu não falei p... nenhuma (risos). Ele falou do Vasco presente e o que ele quer no futuro. O que eu senti nesses últimos dois meses foi um Vasco pacífico a nível político. Sou neto de portugueses, tenho muitos amigos vascaínos sócios do clube e a torcida mostrou a cara, e não é brincadeira o que eles fizeram. Uma torcida não abraça a equipe à toa. Não foi por acaso. É pelo que está se fazendo tanto fora quanto dentro de campo. Isso que eu quero e penso. Não vai ter loucura aqui. Isso eu sei. Salário do que eu ganhava, estou ganhando menos, mas estou com prazer em estar aqui, porque eu conheço aqui. Ele (Campello) me disse: 'vou te pagar, mas não pensa que irei pagar em dia'. Não preciso falar mais nada em termos de veracidade. Mas ele falou o que pensa no futuro e eu quero estar aqui com o estádio novo. Já pensou encerrar a carreira aqui com isso?", disse sobre o projeto de reforma de São Januário.
 

De forma surpreendente, Abel Braga disse que foi ele quem indicou o ex-técnico da equipe, Vanderlei Luxemburgo, para Alexandre Campello após recusar o convite para assumir o Vasco:

"Eu já tinha dado a palavra para um clube, não podia ir (para o Vasco), aí eu falei: leva o Vanderlei. E aí vocês sabem qual foi o final".

Na sequência, Abel revelou que conversou com Luxa - que decidiu não renovar com o Vasco - no último domingo sobre a possibilidade de assumir o Cruzmaltino.

"Eu estava voltando de Búzios (RJ) e fiquei quase duas horas no telefone com ele. Às vezes o sinal caía, eu ligava de novo, e assim foi (risos). É um cara que é amigo, vencedor e conseguiu trazer esses 185 mil sócios em tão pouco tempo", declarou.

Fonte: UOL