Abel Braga terá 94% a menos de orçamento para montar o Vasco

19/12/2019 às 08h03 - CLUBE
Foto: Rafael Ribeiro/Vasco.com.brTécnico Abel Braga foi apresentado pelo Vasco neste mercado da bola e substituirá Luxemburgo
Técnico Abel Braga foi apresentado pelo Vasco neste mercado da bola e substituirá Luxemburgo

As palavras durante a coletiva de apresentação mostraram que o técnico Abel Braga tem consciência de que chega ao Vasco em um momento de crise financeira. Em São Januário, o treinador terá de enfrentar uma realidade completamente diferente da que teve há pouco mais de um ano, quando foi anunciado como treinador do rival Flamengo. No Cruzmaltino, o departamento de futebol terá para contratar neste mercado da bola 94,7% a menos de orçamento para 2020 que o Rubro-Negro teve para esta temporada.

O então recém-eleito Rodolfo Landim anunciou Abel no dia 11 de dezembro do ano passado. Para 2019, o Flamengo, dentro da previsão orçamentária, tinha uma estimativa de R$ 100 milhões voltados para acertos com reforços.

Neste planejamento financeiro, o primeiro nome indicado por Abel foi Bruno Henrique, destaque da vitoriosa temporada. A diretoria concluiu a negociação junto ao Santos por R$ 23 milhões. Ainda com o treinador no comando - ele pediu demissão em maio -, o Fla também contratou o zagueiro Rodrigo Caio, o meia Arrascaeta e o atacante Gabigol. Teve também a renovação de contrato com o meia Diego.

Para ano que vem, o clube de São Januário oferece cerca de R$ 5,3 milhões para contratações, 20% a mais do que teve em 2019, segundo a diretoria vascaína.

O choque de realidade, porém, parece não assustar Abel, que se mostra compreensivo e, ao mesmo tempo, confiante. "Quero fazer melhor do que foi feito.

Não adianta esticar e querer sair do rumo. Tem jogadores que não poderão ficar. Foge do que está planejado. Isso é que traz credibilidade. Acho que vamos estar mais fortes. Gosto muito do Vasco do meio para frente".

Antes de sua chegada, o Vasco já havia aberto negociação pelo atacante argentino Germán Cano, de 31 anos, que nas últimas duas temporadas pelo Independiente Medellín, da Colômbia, disputou 88 jogos e fez 68 gols. Ele atualmente está livre, mas também desperta o interesse de clubes dos Estados Unidos e Arábia Saudita.

Diretor-executivo de futebol do Vasco, André Mazzuco terá uma reunião com o treinador para passar essa e outras situações em andamento. Abel, porém, já indicou que quer contar com o volante Richard, que teve seu empréstimo encerrado agora em dezembro e, a princípio, retornará ao Corinthians, que detém seus direitos econômicos.

Novo técnico do time paulista, Tiago Nunes ainda avaliará se contará com o jogador ou não em 2020.

Época de 'vacas gordas' na Colina

A passagem anterior de Abel no Vasco foi em 2000, quando comandou o time entre março e junho, substituindo Antônio Lopes.

À época, a realidade também era bem diferente da atual. O elenco cruzmaltino contava com nomes consagrados como dos atacantes Romário, Edmundo e Viola, dos zagueiros Mauro Galvão e Junior Baiano, dos laterais Felipe, Jorginho e Gilberto, e dos meias Juninho Pernambucano e Ramon.

Abel chegou ainda no Campeonato Carioca e esteve à beira do gramado na goleada por 5 a 1 no primeiro turno, mas, após queda de produção e resultados frustrantes, acabou saindo em junho.

Fonte: UOL