Abel e Campello buscam soluções para melhor retomada na temporada

25/02/2020 às 12h15 - FUTEBOL

O Vasco se reapresentou com um pano de fundo de recomeço na temporada. Enquanto o presidente Alexandre Campello busca soluções para os problemas financeiros enfrentados pela instiuição, o técnico Abel Braga buscar realizar acertos em uma equipe que não vem conseguindo despontar na temporada. Como se não bastasse, a lesão sofrida por Talles Magno representa um duro golpe em ambas as frentes.

Nos bastidores, Campello vem alinhando os pares para que possa remontar a cúpula, que teve perdas no começo deste ano. Após divergências com os rumos financeiros que o clube vinha tomando, o então vice-presidente de finanças João Marcos Amorim e o assessor da presidência Horácio Junior renunciaram ao cargo em meados do mês passado.

Assim, após o Carnaval, o presidente, que está no último ano de mandato, tentará recompor a diretoria, que tem quatro vice-presidências vaga e vive momento instável. Carlos Leão, conselheiro eleito no último pleito e que se manteve fiel ao mandatário mesmo após a debandada recente de dirigentes, é um dos cotados para a pasta de finanças.

O convite já foi feito, mas Leão, até o momento, ainda não respondeu se aceita. Ele se tornou a segunda opção após o grande benemérito Antônio Peralta recusar ao chamado.

Vale lembrar que, neste ano, ocorrerá eleição e, inicialmente, Campello demonstra intenção de concorrer à reeleição.

Enquanto isso, há uma preocupação em blindar o elenco dos problemas. Na última sexta-feira, os jogadores se reuniram com o diretor executivo André Mazzuco para demonstrar insatisfação em relação aos salários atrasados — algo que vem sendo uma constante no Vasco. Como forma de protesto, os atletas sinalizaram a possibilidade de não concederem entrevistas enquanto a situação não for resolvida.

O técnico Abel Braga, escolhido por Campello até por conta da experiência e pela capacidade de ser uma ponte nesta relação entre diretoria e jogadores, tenta implementar um estilo e fazer melhoras no time, eliminado precocemente na Taça Guanabara e classificado à segunda fase da Copa do Brasil após empate com o Altos, do Piauí. O duro será tentar progredir em campo sem poder contar com Talles por um tempo.

Regularizado, o volante colombiano Fredy Guarín está apto a estrear na temporada. O jogador chegou a São Januário ano passado, com um contrato de três meses e rapidamente caiu nas graças da torcida. A manutenção dele, inclusive, foi uma das prioridades da diretoria nesta janela de transferências.

O clube ainda busca novos nomes para o grupo e tem conversas avançadas com o meia-atacante Martin Benítez, do Independiente, da Argentina.

Fonte: UOL Esporte