Adiado, julgamento de Eurico Miranda no TSE não tem data para acontecer

15/09/2006 às 13h01 - POLÍTICA

O ministro César Asfor Rocha, Tribunal Superior Eleitoral (TSE), adiou pela segunda vez o julgamento relacionado a impugnação da candidatura do presidente do Vasco, Eurico Miranda, a deputado federal pelo Partido Progressista (PP) do Rio de Janeiro. Na última quinta-feira, o ministro César Asfor Rocha pediu vista do recurso do cartola vascaíno, o que adiou o julgamento por tempo indeterminado.

Até o momento, quatro ministros já votaram. O ministro Carlos Ayres Britto foi o único a votar contra o recurso de Eurico Miranda. No entanto, os ministros Cezar Peluso, Marcelo Ribeiro e o presidente da Corte, ministro Marco Aurélio, votaram a favor. Ainda faltam três votos para a decisão final.

A juíza Jacqueline Montenegro foi a responsável por indeferir a candidatura de Eurico Miranda no Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro (TRE-RJ). Ela argumentou que o dirigente não possui uma ficha penal incompátivel com a função requerida, além de responder a processos criminais, como os de evasão de divisas e apropriação indébita de contribuição previdenciária.

Fonte: Lancepress