Alex Dias, o ex-xodó

20/01/2006 às 10h34 - FUTEBOL

A fraca atuação na suada vitória sobre o Volta Redonda e as vaias da torcida mostraram que Alex Dias perdeu o bom ambiente que desfrutava em São Januário. Está longe de recuperar o status de xodó que conquistou no ano passado, na disputa dos Campeonatos Carioca e Brasileiro. E o atacante resolveu se defender ontem das críticas por ter acionado o Vasco na Justiça cobrando salários atrasados e o não-depósito do Fundo de Garantia. Garantiu não estar arrependido do que fez e está buscando apenas os seus direitos.
Contrariando o único cacique do clube, o presidente Eurico Miranda, Alex Dias afirmou que o clube lhe deve, sim. Mesmo mantendo a ação, o atacante garante que estará em campo no clássico contra o Botafogo, na reabertura do Maracanã.

- Nunca faltei a nenhum treino ou deixei de jogar. Estarei junto do time domingo, no Maracanã, em busca do título. Eu sempre cumpri com as minhas obrigações. Só entrei na Justiça para buscar os meus direitos - disse o jogador.

A dívida que Eurico nega constantemente foi confirmada pelo jogador: o mês de dezembro, o 13º salário e o Fundo de Garantia.

- Eu não me arrependo do que eu fiz. e não tenho nada contra a diretoria do Vasco, nunca tive. Estou, na verdade, triste com toda essa situação criada.

O Tribunal Regional do Trabalho (TRT) chegara a divulgar nota oficial confirmando o arquivamento do processo, mas os representantes de Alex Dias confirmaram que a ação foi apenas modificada. O Vasco pagou às pressas sexta-feira passada os salários de outubro e novembro de 2005, com medo de perder os direitos federativos do jogador. Mas restam o salário de dezembro, o 13º e o Fundo de Garantia.

O técnico Renato Gaúcho, que antes do jogo criticara duramente Alex Dias, procurou isentá-lo da queda de rendimento do Vasco. Nem acha que a fraca atuação do jogador tenha relação com os efeitos do embate na Justiça contra o clube.

- Claro que nada disso influenciou. E acho que a atuação dele foi no mesmo nível dos demais jogadores. Foi o time todo que esteve mal no segundo tempo.

Renato disse que, inclusive, pedira o apoio dos jogadores ao atacante.

- Pedi que dessem apoio a ele, e foi isso o que aconteceu - disse o treinador.

Além de Renato Gaúcho e Romário, outros jogadores da equipe procuraram apoiar o jogador, como o goleiro Roberto.

- O que ele fez ou deixou de fazer não vem ao caso. Não foi só ele que jogou mal, o time todo estava apático, até eu mesmo entrei desligado - reconheceu o goleiro.

O técnico do Vasco garantiu que Alex Dias entrará em campo contra o Botafogo.

- Ouvi algumas coisas dele que me convenceram a escalá-lo nas duas partidas, contra o Volta Redonda e o Botafogo. Ele é titular, vai jogar e o torcedor precisa entender isso.

Mesmo com a fraca atuação, o time mantém os 100% de aproveitamento na Taça Guanabara, com duas vitórias. O que faz o técnico Renato Gaúcho minimizar os problemas apresentados nos 2 a 1 sobre o Volta Redonda, como o desligamento do time no segundo tempo.

- O time em determinados momentos fica sonolento, e deu muitos espaços ao Volta Redonda. Logicamente não fiquei satisfeito. Mas conseguimos os três pontos, isso é o que vale. Não adiantava eu jogar os 90 minutos bem e perder o jogo.

Fonte: JB Online