Imprensa

Análise: 'Derrota para o River mostra que ainda há ajustes a serem feitos'

O Vasco reformulou seu elenco após volta para a Série A do Brasileirão, mas a derrota para o River Plate mostra que ainda há ajustes a serem feitos.

Apenas o atacante Pedro Raul teve uma atuação de destaque contra o River;

O jogo de ontem foi o primeiro teste do Vasco nesta temporada, já que o time reserva disputa o início do Campeonato Carioca.

O que deu certo

Pressão na saída de bola e velocidade no ataque, especialmente pelos lados. Em sua estreia, o técnico Maurício Barbieri montou um Vasco de forte marcação e transição rápida uma vez que recuperava a bola. Quando uniu estes fatores, o Cruzmaltino não só incomodou o River como chegou com liberdade à meta de Armani.

Pedro Raul chama a responsabilidade e dá sinais de parceria promissora com Gabriel Pec. O centroavante foi a principal notícia positiva do primeiro teste do Vasco. Ajudando na construção de jogadas e também como referência na área, o camisa 9 ainda mostrou entrosamento com o remanescente Pec. As principais chances do time carioca contra os argentinos saíram dos pés de Pedro Raul.

O que deu errado

Meio de campo pouco criativo facilita marcação adversária. O Vasco trouxe Jair, De Lucca e Luca Orellano para reforçar o meio-campo, mas o time sentiu falta de um camisa 10, o jogador criativo capaz de colocar os atacantes em boas condições. Principal esperança, Luca Orellano entrou apenas no segundo tempo.

Saudade de Alex Teixeira. Entre os principais nomes do Vasco na última temporada, o meia-atacante não atuou contra o River após se reapresentar mais tarde e deve reforçar o time contra o Inter Miami.

Defesa não acompanha contra-ataques e peca em bola parada. Léo Pelé e Lucas Piton chegaram para reforçar o sistema defensivo do Vasco, mas o setor requer o olhar atento de Barbieri. Contra o River, o time teve dificuldade para se recompor quando atacado e falhou em posicionamento na bola parada.

Fonte: UOL
  • Terça-feira, 07/02/2023 às 21h10
    Vasco Vasco 2
    Nova Iguaçu Nova Iguaçu 0
    Taça Guanabara Mané Garrincha
  • Domingo, 12/02/2023 às 18h00
    Vasco Vasco
    Fluminense Fluminense
    Taça Guanabara Maracanã
  • Quinta-feira, 16/02/2023 às 20h30
    Vasco Vasco
    Botafogo Botafogo
    Taça Guanabara Maracanã
  • 25/02 ou 26/02
    Vasco Vasco
    Boavista Boavista
    Taça Guanabara São Januário
  • 04/03 ou 05/03
    Vasco Vasco
    Flamengo Flamengo
    Taça Guanabara Maracanã
  • 08/03 ou 12/03
    Vasco Vasco
    Bangu Bangu
    Taça Guanabara São Januário