Futebol

Análise: 'Diante do Operário, Vasco abusa dos erros'

‘Faltou tudo’. Essas foram as palavras escolhidas por Marcelo Cabo após a estreia com derrota na Série B do Vasco por 2 a 0, em São Januário. Diante do Operário, o time abusou dos erros ofensivos e, principalmente, defensivos. Com o resultado, o Cruz-Maltino conheceu sua primeira derrota em estreias na segunda divisão. Até aqui, em suas outras participações, foram duas vitórias e um empate.  

O Vasco fez um primeiro tempo terrível. O Cruz-Maltino foi amplamente dominado pelo adversário, levou dois gols e não teve nenhum repertório para almejar uma reação. Apesar de estar em São Januário, o Operário-PR começou com tudo, pressionou o Vasco e já abriu o placar aos sete minutos em uma falha de Zeca.

O lateral recebeu na fogueira de Ricardo Graça, tentou sair jogando e perdeu a bola que originou o primeiro gol do Fantasma, marcado por Leandrinho, ex-Botafogo. A saída de bola do Vasco estava sendo um problema para equipe na partida. Aos nove, em novo vacilo da zaga, desta vez com Ernando, Jean Carlo ficou na cara do gol, mas Vanderlei salvou.

A equipe de Marcelo Cabo parecia não ter entrado no gramado, pouco assustava o goleiro Simão e assistia o Fantasma jogar com liberdade. Aos 42, o Operário aumentou o placar em nova falha defensiva da equipe, desta vez, de Andrey. O volante errou um passe bobo, próximo a área de Vanderlei e Jean Carlo estava atento para roubar a bola. O meia rolou para Ricardo Bueno, que ampliou o placar. 

No segundo tempo, Marcelo Cabo promoveu a estreia de Daniel Amorim e Sarrafiore, além das entradas de alguns jovens da base que estavam no banco. A equipe mudou a postura em campo, conseguiu finalizar contra o gol do Operário, mas nada que fosse o suficiente para furar a defesa adversário. Dos que entraram, Léo Jabá foi o que conseguiu desempenhar melhor na criação de jogadas ofensivas.

Na defesa, um sufoco. O Operário ficou muito próximo do terceiro gol do que o Vasco do primeiro. Atuando nos contra-ataques, o Fantasma carimbou a trave vascaína em duas oportunidades na segunda etapa. Ciente da péssima atuação de sua equipe, Marcelo Cabo disse que sua equipe não entendeu o que é jogar uma Série B.

– Realmente hoje não fica muito difícil de analisar a atuação do Vasco. Nos faltou quase que tudo hoje. Apregoo que nossos primeiros 20 minutos foram muito críticos, estivemos muito abaixo do que o Vasco vai pleitear na competição. Acho que o que determinou a derrota foram os 20 minutos. Nos faltou intensidade e faltou entender o que é a Série B. Além de aliar técnica e tática, tem que aliar intensidade – disse Marcelo Cabo, em entrevista coletiva.

Fonte: Esporte News Mundo
Loading...
  • Sábado, 12/06/2021 às 19h00
    Vasco Vasco 2
    Brasil de Pelotas Brasil de Pelotas 1
    Campeonato Brasileiro - Série B Bento de Freitas
  • Quarta-feira, 16/06/2021 às 19h00
    Vasco Vasco
    Avaí Avaí
    Campeonato Brasileiro - Série B São Januário
  • Sábado, 19/06/2021 às 16h30
    Vasco Vasco
    CRB CRB
    Campeonato Brasileiro - Série B São Januário
  • Quarta-feira, 23/06/2021 às 21h30
    Vasco Vasco
    Cruzeiro Cruzeiro
    Campeonato Brasileiro - Série B Mineirão
  • Sábado, 26/06/2021 às 19h00
    Vasco Vasco
    Brusque Brusque
    Campeonato Brasileiro - Série B São Januário
  • Terça-feira, 29/06/2021 às 21h30
    Vasco Vasco
    Goiás Goiás
    Campeonato Brasileiro - Série B Estádio da Serrinha
  • Sexta-feira, 02/07/2021 às 21h30
    Vasco Vasco
    Confiança Confiança
    Campeonato Brasileiro - Série B São Januário