Futebol

As situações dos jogadores que estão em final de contrato

A janela de transferências do meio do ano está próxima da sua abertura. Assim como o período de saídas e chegadas nos clubes, também se iniciará o período de assinatura de pré-contratos. Com isso, os clubes, passam a estar de olhos abertos para os seus jogadores com contratos expirantes.

Para o caso do Vasco, esse olho se abre para alguns jogadores relevantes para o atual elenco. Atletas de suma importância no elenco ou até mesmo dentro de campo estão com seu vínculo atual próximo do fim e o clube pode querer estendê-los até o fim do ano. A Agência RTI Esporte fez o levantamento de como estão as situações com cada um desses jogadores.

Quem são eles? Ao todo, onze jogadores estão com contrato expirante com o Vasco em 2024. São eles Gary Medel, Maicon, Rossi, Victor Luís, Pablo Galdames, David, Keiller, Robert Rojas, Bruno Praxedes, Hugo Moura e Pablo.

Destes, Robert Rojas, David, Keiller e Bruno Praxedes compartilham algo em comum: estão emprestados. David e Keiller estão emprestados pelo Internacional e Praxedes está emprestado pelo Red Bull Bragantino. David se diferencia em relação aos outros dois pelo fato de que seu empréstimo possui uma meta irrisória a ser batida pela sua permanência.

Já Bruno Praxedes teve seu empréstimo renovado ao final de 2023 mediante o custo de R$1 milhão e, apesar de seu empréstimo ter uma opção de compra em R$16 milhões prevista, é pouco provável que permaneça no clube. Essa baixa probabilidade é algo em comum com Keiller, que é emprestado até o fim do ano, sem qualquer opção de compra prevista, contudo.

O mesmo ocorre a Robert Rojas, emprestado pelo River Plate, da Argenitna. Seu empréstimo também é até o final do ano e com metas previstas para a sua compra em definitivo. Contudo, essas metas não foram divulgadas, mas é pouco esperado que sejam batidas em virtude de sua baixa minutagem pelo time até este momento da temporada.

Nos casos de Pablo Galdames e VIctor Luis a semelhança reside no fato de que ambos vieram a custo zero de transferência, legalmente falando. Com o meio-campista chileno, ainda foi criado um gasto de R$900 mil pelo rompimento de seu vínculo com o Genoa, da Itália, clube anterior.

Para ambos, foi feito um contrato de baixa duração. Isso, pois chegaram ao clube com a expectativa de terem pouco espaço. No caso de Pablo Galdames, isso vem sendo oposto, pois vem sendo um dos jogadores mais utilizados por todos os treinadores que passaram pelo clube no ano. Para Victor Luis, vem sendo uma realidade dura, já que não acumula um minuto sequer em campo pelo clube.

Indo para o próximo caso em comum, os personagens são Gary Medel, Maicon e Rossi. Tratam-se de três jogadores remanescentes do elenco de 2023 que escapou da queda no Brasileirão e que tinham vínculos curtos. Os três chegaram na janela do meio do ano e firmaram contratos de seis meses com renovação por mais um ano em caso de permanência. Permanência feita, contrato renovado.

Para cada um dos casos, é uma realidade de tendência de renovação diferente. Em Gary Medel, sua renovação era prioridade, mas em virtude de acontecimentos extracampo recentes, esse interesse diminuiu. Em Maicon, a sua renovação era prioridade mas foi posta em segundo plano pela diretoria por conta de outras pendências. Em Rossi, o interesse era baixo na sua renovação e é pouco provável que a situação mude.

A situação de Medel vai depender de como for definido o extracampo nos próximos meses. Já em Maicon, é provável que haja sim a sua renovação, pois trata-se de uma liderança relevante ao elenco e deve ser levado esse aspecto em conta. Em Rossi, até pela sua baixa minutagem, é pouco provável que a situação mude nesse aspecto.

Para o caso do goleiro Pablo, cria da base cruzmaltina e parte do elenco principal, apesar de nunca ter estreado, o caso é misterioso. Não se sabe qual a intenção da diretoria do clube com seu contrato expirante.

Por fim, o exótico caso de Hugo Moura, que é emprestado até o final do ano para o Vasco mas possui obrigação de compra para um novo contrato válido até 2026 com o volante. A sua permanência em definitivo é certa e deve gerar um custo superior aos R$10 milhões para os cofres vascaínos. A renovação do elenco do Vasco para 2025 certamente passará por muitas escolhas mediante essa lista.

Fonte: RTI Esporte
  • Quinta-feira, 13/06/2024 às 21h30
    Vasco Vasco 0
    Palmeiras Palmeiras 2
    Campeonato Brasileiro - Série A Arena Barueri
  • Domingo, 16/06/2024 às 18h30
    Vasco Vasco
    Cruzeiro Cruzeiro
    Campeonato Brasileiro - Série A São Januário
  • A definir
    Vasco Vasco
    São Paulo São Paulo
    Campeonato Brasileiro - Série A A definir