Basquete - É hoje! Vasco enfrenta o Joinville pelo NBB Caixa 2018/2019

19/10/2018 às 08h20 - OUTROS ESPORTES

Técnicos de Vasco e Joinville analisam maneiras para alcançar a vitória no duelo entre as equipes nesta sexta-feira

Nesta sexta-feira (19/10), o Vasco da Gama receberá o Joinville/AABJ, em São Januário, no Rio de Janeiro (RJ), às 19 horas, com transmissão ao vivo pelo Twitter do @NBB, para um duelo de duas equipes que iniciaram bem o NBB CAIXA 2018/2019.

E para dissecar melhor este confronto nada mais justo do que ouvir quem mais conhece cada elenco: os técnicos Alberto Bial, do Vasco, e Daniel Lazier, do Joinville.

Alberto Bial está em sua décima participação no NBB CAIXA, desta vez comandando o Vasco da Gama (João Pires/LNB)

Depois da estreia na capital federal, na emocionante vitória contra o Universo/Caixa/Brasília, por 77 a 76, o treinador do cruzmaltino Alberto Bial analisou o desempenho de sua equipe e viu o que precisa ser melhorado: a grande quantidade de erros.

“O Vasco precisa diminuir o número de erros. Com a equipe que temos, não podemos precipitar tantos ataques, precisamos construir e elaborar melhor nossa parte ofensiva. Temos treinado uma situação com um jogador no poste baixo, para fazermos a melhor escolha de arremesso e voltarmos bem para a defesa”, disse o comandante vascaíno.

Se o Vasco quiser conquistar a segunda vitória na competição, terá que tomar muito cuidado com a intensidade do time catarinense. Para Bial, o triunfo de sua equipe passa muito por controlar a velocidade do rival e equilibrar o jogo tanto na defesa quanto no ataque.

“Os jogadores do Joinville são muito voluntariosos, principalmente os três externos (Vezarinho, Felipe Vezaro e Jefferson Socas). Eles têm um conjunto muito forte, além da vitalidade, correm muito, marcam pressão e puxam contra-ataques. São muito velozes, por isso precisamos diminuir a intensidade deles, controlar a velocidade e equilibrar o nosso jogo, tanto no ataque, para diminuirmos nossos erros, como na defesa, ao cuidar com muita atenção dos nossos rebotes”, continuou Bial.

Joinville espera manter o bom desempenho

Até aqui, o desempenho do Joinville no NBB CAIXA vem surpreendendo muita gente. As duas primeiras partidas da equipe foram fora de casa, contra Botafogo e Flamengo, respectivamente. Depois da grande vitória no jogo de estreia, o time catarinense liderou a partida contra o rubro-negro até os últimos minutos, quando levou a virada e perdeu por 76 a 75.

Mesmo com a derrota, o treinador Daniel Lazier se mostrou bem orgulhoso com o que sua equipe vem apresentando, mesmo com pouco tempo de trabalho – ele foi anunciado a menos de uma semana para o início da temporada. A forte defesa igual a dos primeiros jogos é o ponto chave para o duelo contra o Vasco.

“Nossa intenção é, mais uma vez, defender legal como foi nos dois primeiros jogos, em que conseguimos fazer os times (Botafogo e Flamengo) pontuarem abaixo da média deles. Acho que passa por aí e também por um bom aproveitamento do ataque da nossa equipe. A ideia é que os meninos cumpram o planejamento para o jogo da melhor maneira possível, aproveitando que o time vem fazendo boas partidas e que estão em uma boa fase”, falou o comandante do Joinville.

A dupla vascaína Okorie e Duda Machado foi responsável por 41 dos 77 pontos (53,2%) da equipe contra o Brasília. Conseguir diminuir o ímpeto desses jogadores será fundamental para o time catarinense na partida que será realizada em São Januário.

“O Vasco em casa é muito forte, ainda mais vindo do Campeonato Carioca, em um ritmo bom. O primeiro jogo deles foi sensacional, decidido nos últimos segundos. O ataque deles passa muito pelas mãos do Okorie e do Duda, então temos que tentar diminuir a intensidade desses dois jogadores principalmente, mas sem esquecer dos outros atletas”, disse Daniel Lazier.

Boas expectativas para o duelo

A partida entre as equipes promete, pelo menos se depender das expectativas dos treinadores. Por um lado, Bial reconhece as limitações de seu time, mas aposta na força coletiva e, principalmente, na vontade dos jogadores dentro de quadra, para buscar cada vez mais apoio dos torcedores vascaínos.

“O que essa equipe vem demonstrando por si só, de valentia, de trabalho coletivo, uma tentativa de resgaste do que não aconteceu nos últimos anos, que é a bravura, a garra e a perseverança, já merece o apoio do nosso torcedor. Sabemos dos nossos limites, temos qualidade, mas não em excesso como em outras equipes, mas trocamos isso por um trabalho muito forte e coletivo, com o objetivo de puxar a torcida para o nosso lado, que é o mais importante”, destacou Alberto Bial, técnico do Vasco da Gama.

Do outro lado, confiante no bom momento vivido pelo time e pelas boas atuações recentes, Daniel Lazier espera que sua equipe faça um bom jogo novamente, para seguir o trabalho com tranquilidade.

“A expectativa é bem bacana, porque o time vem de dois desempenhos bons, uma vitória contra o Botafogo e um grande jogo contra o Flamengo. A expectativa para o jogo desta sexta-feira é a de manter esse desempenho e, se isso acontecer, nossas chances de vitória são boas”, ressaltou o comandante do Joinville.

O NBB CAIXA é uma competição organizada pela Liga Nacional de Basquete (LNB), em parceria com a NBA, e conta com o patrocínio máster da CAIXA, os patrocínios de INFRAERO, Avianca, Nike e Penalty e os apoios de UNISAL e Açúcar Guarani.

Foto: Site Oficial Basquete
Basquete

Fonte: Site da LNB