Basquete: Vasco enfrenta Urubu neste sábado às 14h

27/01/2018 às 08h19 - OUTROS ESPORTES

Depois de um jogo eletrizante pelo primeiro turno, Vasco da Gama e Flamengo ficarão frente a frente mais uma vez para o segundo "Clássico dos Milhões" deste NBB CAIXA, neste sábado (2701), às 14 horas (de Brasília), na Arena Carioca 1, com transmissão ao vivo da Band e do SporTV. Com isso, reunimos os 10 principais fatos que marcarão este grande jogo. Confira: 

O NBB CAIXA é uma competição organizada pela Liga Nacional de Basquete (LNB), em parceria com a NBA, e conta com o patrocínio master da CAIXA, os patrocínios da SKY, INFRAERO, Avianca, Nike e Penalty e o apoio do Ministério do Esporte. 

Pegou fogo 

No penúltimo dia de 2017, os rivais cariocas se enfrentaram pela primeira vez neste NBB CAIXA. Em um jogo muito equilibrado, o Flamengo aproveitou o mando de quadra e fez a festa ao lado de sua torcida. Com ótimo quarto final, o rubro-negro resistiu a tentativa de reação cruzmaltino e conquistou o resultado positivo, por 89 a 81. 

Brilhou 

O grande nome do clássico foi Marcelinho Machado. Em tarde realmente inspirada, o experiente ala rubro-negro fez a sua melhor atuação até o momento no NBB CAIXA 17/18. Ao todo, foram 22 pontos, seis rebotes e quatro assistências para o camisa 4, cestinha e jogador mais eficiente da partida, com 22 de valorização. 

100% desde então 

Após perder para o Sesi/Franca Basquete, por 100 a 82, o Flamengo iniciou justamente contra o Vasco a grande sequência que mantém até o momento. A vitória sobre o arquirrival, foi a primeira das sete consecutivas até então: Vasco (89 a 81), EC Pinheiros (72 a 68), Mogi das Cruzes/Helbor (77 a 71), LSB/Uniso (82 a 67), Solar Cearense (92 a 75), Universo/Vitória (76 a 68) e Botafogo (107 a 54). 

Não passou nada 

Apesar da 11ª colocação, o Vasco se reabilitou em seu último jogo e acabou com a sequência de derrotas que já durava três partidas, diante do Minas Tênis Clube. Em uma grande atuação defensiva, o cruzmaltino sofreu sua menor pontuação neste NBB CAIXA, e saiu do mesmo palco do jogo deste sábado, a Arena Carioca 1, com vitória por 70 a 54. 

Liderando 

Além de liderar a tabela de classificação do NBB CAIXA 17/18, com 12 vitórias e duas derrotas, o Flamengo também é a principal equipe da competição em duas características fundamentais. Com média de 84,1 pontos por jogo, nenhum outro time pontua mais que os rubro-negros na competição. O elenco comandado por José Neto é também o mais eficiente, totalizando 99,4 de média no quesito. 

Equilíbrio máximo 

Desde que o Vasco retomou sua equipe profissional de basquete, o Clássico dos Milhões ocorreu nove vezes, incluindo Estadual, torneios preparatórios de pré-temporada e NBB CAIXA. Ao todo, o clube de São Januário venceu cinco partidas, uma pelo torneio Super Four 2016 em Fortaleza (CE), por 84 a 80, duas pelo Estadual, uma no NBB CAIXA e uma na Copa Avianca, por 93 a 83. Já o rubro-negro tem quatro triunfos, dois pelo NBB CAIXA e outros dois pelo Campeonato Carioca de 2016. 

Fizeram história 

Se o Vasco vem de sua menor marca de pontos sofridos em jogo nesta edição, o Flamengo registrou a maior pontuação de todo NBB CAIXA 17/18 em sua última partida. Com atuação histórica, o rubro-negro carioca anotou 107 pontos sobre o rival Botafogo, sofreu apenas 54, e construiu a maior vitória desta temporada, e a quarta maior de todos os tempos da competição, por 53 pontos de diferença. 

Sobrando 

Vivendo sua melhor fase na temporada, o Flamengo tem dois dos principais destaques individuais deste NBB CAIXA, como o cestinha e o jogador mais eficiente até então. Com média de 17,8 pontos, o ala Marquinhos lidera a competição no quesito. Já em eficiência, quem está acima dos demais colegas é JP Batista, com 19,2 de média, que também é o atleta que mais converte arremessos de 2 pontos, com média de 6,3 cesta por jogo. 

Em alta 

Apesar do grande destaque para Marquinhos e JP, o grande momento rubro-negro se deve a todo elenco. A dupla de armadores titulares da equipe, por exemplo, formada por um venezuelano e um dominicano, vive grande fase. Em dois de seus últimos três jogos, David Cubillan registrou seu recorde de pontos, com 24, diante do Basquete Cearense, e depois de assistências no NBB CAIXA, com 12, contra o Botafogo. Já Ronald Ramon tem média de 16,2 pontos em suas últimas cinco atuações. 

Quase lá 

Além de Cubillan e Ramon, outro armador do Flamengo vem se destacando. Melhor Sexto Homem do NBB CAIXA 16/17 e contratação rubro-negra para esta temporada, Arthur Pecos é o melhor passador do time (3,5 APJ) e está a quatro assistências de atingir 500 na carreira pela competição. Em suas últimas três partidas, o camisa 23 atingiu ao menos quatro assistências. 

Fonte: Site da Federação de Basquete do Estado do RJ

Enquete

Quem você gostaria que fosse o novo técnico do Vasco?

Deixe seu comentario