Bastos: 'Talles é um dos que mais me surpreenderam desde o Coutinho'

26/08/2019 às 13h56 - FUTEBOL

Fellipe Bastos é um dos jogadores mais identificados com o Vasco no atual elenco. Um dos nomes mais experientes do elenco, o volante retornou ao clube em janeiro e desde então teve algumas oportunidades. No último domingo (26/8), diante do São Paulo, o jogador marcou seu primeiro gol neste retorno e fez a festa da galera no Caldeirão. Após o jogo, falou sobre a importância do triunfo e analisou a sinergia entre time e torcida em São Januário.

- Eu fico muito feliz de fazer o gol, mas o mais importante foi a vitória nossa, diante de um torcedor que acreditou na gente. O Vasco é isso. É a junção do torcedor em São Januário com o time buscando a vitória. Temos muita força para buscar as coisas aqui dentro, mas só conseguiremos isso se tivermos o torcedor do nosso lado. Me emocionei bastante com o gol, com o carinho de todos, mas o fundamental hoje foi a vitória - disse o camisa 6, que já declarou diversas vezes ser vascaíno desde a infância e que mostra a cada jogo que é um torcedor dentro de campo: 

- De vez em quando eu me pego cantando as músicas da torcida. Fico muito feliz pelos gols dos meus companheiros. A minha identificação com o clube não vem de agora, vem desde que cheguei, em 2010. É lógico que tem seus percalços, coisas coisas boas, coisas ruins, mas também títulos. É uma coisa que vou levar para o resto da minha vida. Espero ainda contribuir para história bonita do clube. A gente quer resgatar o Vasco gigante que todo mundo conheceu. Queremos colocar o Vasco lá em cima. Não queremos brigar na parte de baixo, mas lá no alto, onde um clube dessa grandeza merece estar.

Um dos jogadores mais alegres do elenco, Bastos também exerce um papel de conselheiro para os mais jovens, como Talles e Marrony, que vieram das categorias de base. Na primeira passagem pela Colina, o volante tinha 20 anos e trabalhou com nomes experientes e vencedores no Vasco, como Felipe e Juninho Pernambucano. Agora, o camisa 6 entende que o papel dele é trabalhar também na evolução desses garotos:

- Eu fico muito feliz pelo amadurecimento deles. O Talles é um dos meninos que mais me surpreenderam desde o Coutinho. O Talles é um diamante que o Vasco tem e precisa cuidar. Fico muito feliz pelo resultado deles. Não só do Talles, como o Marrony. A gente procura conversar bastante com eles, passar que são importantes para o nosso time na sequência do Campeonato Brasileiro. Precisamos deles assim, decidindo jogos. Por mais que eles sejam jovens, no Vasco a pressão começa desde pequeninho. Eu tenho certeza que eles vão decidir outros jogos e serão importantes no resto do Brasileiro.

Fonte: Site oficial do Vasco