Beach Soccer - Jorginho se despede com goleada diante do Japão

28/01/2019 às 07h26 - FUTEBOL

Com presença ilustre de Ronaldinho Gaúcho e homenagem com maestria, Jorginho encerrou sua passagem pela seleção brasileira de futebol de areia. Aos 44 anos, o jogador despediu-se da equipe com uma vitória por 11 a 4 sobre o Japão, em desafio disputado no Parque Olímpico da Barra da Tijuca, no Rio. O veterano recebeu homenagens antes e depois do encontro e foi às lágrimas, emocionado. No sábado, o Brasil havia vencido o time asiático por 5 a 1 no primeiro duelo do evento.

Além da óbvia comoção devido à aposentadoria de Jorginho, o jogo teve outro atrativo. Como esperado, R10 apareceu no Parque Olímpico para prestigiar a partida e, claro, entrar em campo. Com a camisa 10 e a faixa de capitão, participou do encontro - e mostrou dificuldade para lidar com o forte calor na arena montada.

Jorginho, que também vestiu uma camisa 10, recebeu uma placa comemorativa de seus ex-parceiros de seleção de futebol de areia Júnior, ex-craque do Flamengo e hoje comentarista da TV Globo, e Cláudio Adão.

Quando a bola rolou, os dois times mostraram que, apesar da festa, queriam vencer a partida. Takaai Oba, a 9min50s do final do primeiro período, acertou um golaço de voleio após receber uma cobrança de lateral e abriu o placar. Pouco mais de três minutos mais tarde, o Brasil empatou graças a um belo gol de Mauricinho, que colocou de chapa no ângulo do goleiro Terukina após cobrança de escanteio. O placar continuou empatado até o final da etapa.

No início do segundo período, Ronaldinho perdeu duas chances de incríveis de deixar o seu. Na primeira, recebeu sozinho, esperou a movimentação do goleiro e, sem contestação, chutou para fora. Na segunda, 15 segundos depois, recebeu um passe, matou no peito e deu de calcanhar quase debaixo do gol, mas para fora. Menos mal que, logo em seguida, Bruno Xavier recebeu livre e bateu com força para virar o marcador.

A 1min12s do encerramento do segundo período, o Brasil ampliou com outro gol de Mauricinho, batendo na saída do goleiro Terukina. Ronaldinho e Jorginho tentaram bicicleta, lances de efeito e animaram a torcida, porém sem resultado.

No terceiro período a espera acabou. Em tabela com Datinha, Ronaldinho recebeu e tirou do goleiro japonês para ampliar o placar para 4 a 1 e fazer o seu primeiro gol pela seleção de futebol de areia. Poucos segundos depois, marcou outro lindo gol ao receber, ajeitar e disparar um forte chute - logo em seguida, o Japão descontou.

Para completar a festa, faltava um gol de Jorginho. E faltando 8min para o fim do jogo e pela carreira na seleção, ele enfim deixou o dele ao cobrar uma falta do meio de campo. Na comemoração, ele percorreu boa parte do alambrado para cumprimentar os torcedores.

Rodrigo, Bruno Xavier (2), Jorginho e Ronaldinho marcaram mais cinco vezes para decretar o placar de 11 a 4 a seleção.

Jorginho pôs um ponto final em sua carreira com a seleção com 303 jogos, 315 gols e como o terceiro maior artilheiro da equipe, atrás de Neném e Júnior Negão.

- Você merece tudo, tudo, tudo. Você merece, foi um dia muito especial na minha vida - afirmou Ronaldinho após a partida.

- Valeu a pena. Minha família não está aqui, está morando em outro lugar, mas meus amigos estão aqui. Mas obrigado a todo mundo que veio - disse Jorginho, emocionado.

- Queria agradecer ao Ronaldo, que é um ídolo de todo mundo, é meu ídolo, por abrilhantar o meu último jogo. Minha gratidão é eterna a você - emendou.

Indagado se continuaria a atuar no futebol de areia, R10 saiu pela tangente, mas disse que pode fazer projetos junto com Jorginho no futuro.

- Aqui é muito difícil, muito complicado. Mas esse cara merece todas homenagens por tudo o que fez - comentou aos risos.

- Foi até mais do que eu pensava - disse Jorginho.

Foto: Reprodução/FacebookJorginho
Jorginho

Fonte: GloboEsporte.com