Futebol

Bola parada, oportunidades perdidas... Análise do Vasco contra o Fluminense

3

Na última terça-feira, em noite chuvosa em Volta Redonda, Fluminense e Vasco empataram em 1 a 1. no Estádio Raulino de Oliveira de Oliveira, pelo Campeonato Carioca. Assim como na última rodada, diante do Madureira, o Cruz-Maltino saiu na frente, mas cedeu o empate em uma jogada que vem sendo o principal problema de Marcelo Cabo na temporada: a bola parada. 

Ao sofrer o empate do Fluminense, logo aos dois minutos do segundo tempo, o Vasco anotou o décimo gol sofrido na temporada. Destes dez, cinco foram sofridos em jogadas de bola parada, sendo quatro de cabeça. Os números ficam ainda mais claros se colocarmos também cruzamentos com ‘bola rolando’. Se cinco dos dez gols sofridos são de bola parada, contando ainda os de bola corrida chegamos a oito gols que surgiram de cruzamentos.

O problema não é novidade para Marcelo Cabo e seus jogadores. Antes da partida, o zagueiro Miranda declarou em entrevista a VascoTV, que houve um treinamento defensivo especifico para os cruzamentos na área, principalmente na bola parada. Apesar disso, o Vasco viu outro Tricolor, desta vez o das Laranjeiras, marcar o seu gol em uma cobrança de escanteio. Vale destacar que o próprio Miranda fazia a marcação de Fred no momento do gol e não alcançou o atacante do Fluminense. 

Outro problema que se repetiu no clássico de Volta Redonda foram as oportunidades desperdiçadas no fim da partida. O Vasco pressionou na reta final, principalmente após a entrada de Laranjeira e Figueiredo, dando uma nova dinâmica ao time. Apesar disso, novamente, faltou caprichar na finalização.

Em entrevista coletiva após a partida, Marcelo Cabo reconheceu a dificuldade que sua equipe tem enfrentado nas bolas paradas e garantiu que o time vai seguir treinando exaustivamente para corrigir o problema. Apesar disso, o treinador acredita que o resultado foi injusto e que o Gigante da Colina merecia a vitória.

– Treinamos muito essa bola parada ontem (segunda-feira), temos que continuar treinando exaustivamente. Foi uma mudança de batida do Nenê, fez batida rápida, Fred atacou o espaço e fez o gol. Tem sido o nosso calcanhar de Aquiles, e é o terceiro jogo seguido que levamos gol na bola parada. Infelizmente saímos com resultado que não foi bom. Na minha opinião, foi muito injusto.  – disse o treinador.

Os cruz-maltinos voltam a campo neste sábado, às 21h05, para enfrentarem o Bangu. O Vasco chegou ao quarto empate no Campeonato Carioca e soma sete pontos, em oitavo na tabela de classificação. Classificam para as semifinais apenas os quatro primeiros colocados.

Fonte: Esporte News Mundo
Loading...
  • Quarta-feira, 07/04/2021 às 21h30
    Vasco Vasco 2
    Tombense Tombense 1
    Copa do Brasil Almeidão
  • Quinta-feira, 15/04/2021 às 19h00
    Vasco Vasco
    Flamengo Flamengo
    Taça Guanabara Maracanã
  • Domingo, 18/04/2021 às 18h30
    Vasco Vasco
    Boavista Boavista
    Taça Guanabara Estádio Elcyr Rezende de Mendonça
  • 24/04 (sáb) ou 25/04 (dom)
    Vasco Vasco
    Resende Resende
    Taça Guanabara A definir
  • A definir
    Vasco Vasco
    Operário Operário
    Campeonato Brasileiro - Série B A definir
  • A definir
    Vasco Vasco
    Ponte Preta Ponte Preta
    Campeonato Brasileiro - Série B A definir
  • A definir
    Vasco Vasco
    Brasil de Pelotas Brasil de Pelotas
    Campeonato Brasileiro - Série B A definir