Botafogo e Vasco reinaguram o Maracanã

20/01/2006 às 14h28 - FUTEBOL

Após nove meses de obras, que ainda não acabaram e estão sendo feitas para os Jogos Pan-Americanos de 2007, o Maracanã reabre neste domingo com o clássico entre Botafogo e Vasco, às 18h10min, pela terceira rodada da Taça Guanabara, no Campeonato Estadual do Rio de Janeiro. Os dois times chegam embalados para partida, pois venceram seus dois primeiros compromissos na competição.
No Botafogo, o time vem embalado pela superação mostrada na vitória alcançada contra o Madureira, quando não se entregou em campo e chegou ao resultado positivo com um gol aos 45 minutos do segundo tempo.

\"É claro que um resultado como aquele dá mais moral para o nosso time. Temos que mostrar a mesma determinação e a mesma união para colhermos um bom resultado contra o Vasco\", afirmou o treinador alvinegro.

Para encarar o rival, o Botafogo entrará em campo sem o zagueiro Rafael Marques, expulso no meio de semana. Asprilla, que chegou a ser colocado em uma lista de dispensas no início da temporada, será o seu substituto.

Na lateral esquerda, Lira foi barrado após a má atuação contra o Madureira, quando foi substituído no intervalo. O jogador dará lugar a Bill, que havia sido titular do Alvinegro na estréia do Estadual.

Apesar da expectativa criada durante a semana, o atacante Dodô não estará em campo. O jogador, contratado para ser o ídolo da torcida, ainda precisa recuperar a forma física e só deve estrear no dia 29 contra o Volta Redonda.

No lado do Vasco, a ordem é esquecer a polêmica que envolveu Alex Dias durante a semana. O próprio jogador diz que seu pensamento é só o de ajudar a equipe a conquistar o título estadual. As pazes com a torcida podem ser feitas com gols.

\"Sei que parte da torcida ficou com raiva de mim e isso é muito ruim, pois amo a torcida do Vasco. Sei que fazendo gols e me dedicando como sempre fiz, posso reconquistar este carinho\", comentou o Pantaneiro.

Mas não é só Alex Dias que está atrás de gols. Romário ainda não marcou no Campeonato Estadual e segue em busca da histórica marca dos mil gols na carreira. O Baixinho espera repetir o desempenho que teve contra os alvinegros no Brasileiro do ano passado, quando fez dois gols em duas partidas.

Lá atrás, o goleiro Roberto sabe que o caminho para o Vasco conseguir mais uma vitória também passa por suas defesas, como aconteceu nas primeiras rodadas. O jogador, no entanto, só pensa nos três pontos.

\"Não me importa de que maneira a vitória vai vir, se é com o time jogando bem ou mal. O mais importante é a gente continuar vencendo\", afirmou.

Fonte: Gazeta Esportiva.net