Botafogo e Vasco vão realizar primeiro confronto de três em dez dias

13/09/2020 às 08h29 - FUTEBOL

O Botafogo recebe o Vasco, neste domingo (13), às 20h30, no Nilton Santos, para a primeira dos três encontros que a dupla carioca terá nos próximos dez dias. O jogo que abre esta trinca é válido pela décima rodada do Brasileirão Assaí. Já na quinta-feira (17), às 19h, no mesmo local, será a primeira vez que o Clássico da Amizade acontecerá na Copa Continental do Brasil. O duelo de volta está marcado para a outra quarta, em São Januário.

O duelo pelo Brasileirão reúne os dois rivais em momentos distintos na competição. Apesar da derrota na última rodada, o Vasco ainda ocupa a sexta colocação, com 14 pontos em oito jogos. O Botafogo, por sua vez, vem de uma sequência de empates e convive com a sombra do Z-4. Atualmente, está em 16º lugar, com apenas nove pontos conquistados. O clássico pode reequilibrar a distância ou aumentá-la ainda mais.

Se no Brasileiro os clubes vivem condições distintas, no mata-mata a igualdade sempre reina. Para chegar na quarta fase do torneio, o Botafogo eliminou o Caxias (RS), Náutico e Paraná. Já o Vasco passou por Goiás, ABC e Altos. E eis que o sorteio cruzou o caminho das duas equipes nessa nova etapa. O mais próximo que Vasco e Botafogo chegaram de um possível encontro foi em 2008, quando Vasco encarou o Sport na semifinal e o Botafogo mediu forças com o Corinthians. Se avançassem, fariam a grande final, mas nenhum carioca se classificou e o Sport foi campeão em cima do Corinthians.

O Cruzmaltino, no entanto, conseguiu conquistar a Copa Continental do Brasil em 2011 e almeja um bicampeonato. Enquanto a equipe de General Severiano só bateu na trave em algumas semifinais. Um deles terá o sonho interrompido nessa fase e, puxando as estatísticas do clássico, pode-se esperar um duelo equilibrado e com imprecisão de se apostar em um vencedor.

Em número de vitórias, o Gigante da Colina carrega uma larga vantagem nos resultados. No Campeonato Carioca, eles já se enfrentaram 217 vezes e o Vasco da Gama ganhou 92, enquanto o Botafogo apenas 61 e 64 jogos terminaram empatados. Já no Campeonato Brasileiro (unificado), o encontro aconteceu em 51 oportunidades e gerou ao Glorioso 13 vitórias, 17 empates e 21 derrotas. O triunfo Botafoguense está nas decisões. Em 14 finais disputadas, 9 delas foram vencidas pelo Botafogo (Carioca de 1948, 1968, 1990, 1997 e 2018 - além da Taça Guanabara de 1997, 2010 e 2013 e Taça Rio de 2012). Os números são do portal OGol.

Encontro único em 2020


Este ano, o Clássico da Amizade só aconteceu uma vez, em fevereiro, pelo Campeonato Carioca. Em um jogo de poucas oportunidades, o Botafogo venceu por 1 a 0, com gol de Igor Cássio. O resultado eliminou o Vasco da Taça Guanabara. De lá para cá, muita coisa mudou para os dois lados. Paulo Autuori assumiu o Botafogo e Ramon Menezes está a frente do Gigante da Colina e seus modelos de jogo se distanciam do que era visto antes. E novos jogadores chegaram aos clubes como Honda, Kalou no Botafogo e Benítez no Vasco.

Antes de entrarem em campo pelo torneio mata-mata, os rivais precisarão acalmar as cobranças da torcida em relação ao retrospecto no Brasileirão Assaí 2020. Pois o Alvinegro, por exemplo, apesar de ter sofrido apenas uma derrota, acumula seis empates e uma única vitória, amargando a 16° posição. Ao passo que o Vasco da Gama soma quatro vitórias, dois empates e duas derrotas (sendo uma delas no clássico com o Fluminense) e, mesmo já tendo ocupado o lugar mais alto na tabela, não conseguiu manter a regularidade, tem caído o rendimento e, hoje, está na 6° colocação.

Essa união de fatores expostos comprovam que vem muita emoção vindo aí. O jogo de domingo será um teste para os técnicos do que se pode aguardar na disputa pela vaga das oitavas de final da Copa Continental do Brasil. E que os torcedores cariocas se preparem para tanto clássico seguido!

Fonte: CBF