Camelôs já vendem faixa de campeão da Copa do Brasil

15/07/2006 às 10h32 - FUTEBOL

Se alguém imagina que as pífias atuações de Flamengo e Vasco nos jogos de anteontem diminuíram o interesse dos torcedores pela decisão da Copa do Brasil, pode tirar o cavalo da chuva. O LANCE! foi ontem ao Centro do Rio atrás de alguém que estivesse disposto a vender o seu ingresso da finalíssima por causa das goleadas sofridas por Fla e Vasco, mas encontrou o oposto.

- Vê se algum rubro-negro vai ligar para a derrota contra o Paraná se temos uma taça esperando pela gente! O Flamengo tem dificuldade contra time grande como o Paraná, mas contra time pequeno, como o Vasco, é molezinha. O Bi já está na mão! - provocou o torcedor Alexandre Geléia, de 26 anos.

Os torcedores vascaínos, em sua maioria, sofreram com as provocações dos rivais, mas alguns não deixaram barato e devolveram na mesma moeda, até mesmo comparando os adversários de anteontem.

- Eles perderam em casa para um timeco do Sul do país e nós deixamos o Palmeiras, nosso coirmão paulista e onde joga o Edmundo, arrumar uma vitoriazinha para ultrapassar o Corinthians, que é o Flamengo lá de São Paulo, no domingo. Só falta eles quererem comparar uma coisa com a outra - devolveu o vascaíno Marcelo Índio, de 25 anos.

A procura por faixas de campeão, vendidas por R$ 5 no camelódromo da Uruguaiana, também era grande.

- A do Flamengo tem saído bastante, ao contrário da do Vasco. Se eles não ganharem o primeiro jogo, vou ter de vender por R$ 1 para não encalhar. Vascaíno já é pão-duro, ainda mais em final contra o Flamengo. Nessa hora, eles gostariam de ser o Fluzão, que não perdoa a urubuzada - disse o ambulante Flávio de Souza, tricolor e provocador, é claro.

Fonte: Lance